em ,

Juma lança clipe sensível sobre amor em tempos de pandemia

JUMA - Agente Plural - Jackson França e Humberto Morais
JUMA - Agente Plural - Jackson França e Humberto Morais

Os desejos supra pandêmicos é o fio que guia o clipe “Agente Plural”, de Juma. Amar em tempos de pandemia significa valorizar o toque como nunca, a presença como se fosse a última vez. O roteiro produzido pelo artista traz a história de dois homens negros LGBTQI+ que se conheceram antes do isolamento social e se reencontram meses depois. O vídeo também aborda a história de pessoas que não puderam fazer isolamento social, e como o afeto se desenvolve nestas situações.

A canção “Agente Plural” traz influências de ritmos como o baião, coco e brega, ele une o tempero do blues e da música eletrônica em sua música que fala sobre encontros e toques, definida pelo mesmo como “desejos supra pandêmicos”. O single é um lançamento  Alcalina Records e inaugura uma série de três canções que permeiam o audiovisual, a arte e a música.

“A música fala do momento que estamos vivendo e sobre a nossa percepção do tempo em quarentena.  E também versa sobre o encontro com nós mesmos ao viver nessa situação. ‘Eu acho massa a gente junto’, frase que se repete no refrão, é tanto sobre encontros com outrem quanto sobre encontros com as versões de nós mesmos. Mais tarde, passamos a pensar outra camada no roteiro do videoclipe, sobre pessoas que não tiveram o privilégio do isolamento.”, explica JUMA sobre o vídeo.

Gravado em apenas uma diária, com preparação de elenco e equipe feito de forma virtual, o clipe de “Agente Plural” foi um desafio para JUMA. Com apenas cinco integrantes na equipe que esteve presente nas filmagens, o vídeo foi construído a partir das impossibilidades da pandemia.

“Qualquer tipo de construção narrativa audiovisual é desafiadora quando é realizada em formato de guerrilha. O roteiro precisou ser construído tendo essas realidades impostas, buscando as melhores opções narrativas ao ser filmado em uma kitnet no centro de São Paulo, e durante a diária de gravação as intuições dos integrantes da equipe precisaram trabalhar em conjunto.”, relembra JUMA.

A habilidade de JUMA em lidar com as adversidades vem de sua trajetória no audiovisual, em Recife (PE). Esta experiência deu ao artista as ferramentas para aproveitar as colaborações e produzir conteúdo criativo de forma independente. E dentro desta caminhada profissional, o lançamento do clipe “Agente Plural” significa um novo início em uma carreira que agora se denomina multiplataforma:

“Ao trabalhar com música, um dos fatores que mais me excita é a possibilidade de transpassar linguagens. Podemos trabalhar som, vídeo, performance, etc. E é o que eu pretendo buscar nesse primeiro ano de trajetória na área. O videoclipe é mais um passo nessa direção. Assim como a construção do futuro show, com elementos de performance, será outro passo.”, adianta JUMA.

Ficha Técnica

O roteiro, a produção e a direção do clipe “Agente Plural” são de JUMA. Já a direção de fotografia é de Yasmin Thomaz, com drone operado por Rodrigo Ferrara. A direção de arte é de Felipe Stucchi, com edição e finalização de Yasmin Thomaz. A identidade visual foi criada por Eduardo Zílio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *