em

Lenine se renova e apresenta grande espetáculo com Carbono

Na última terça-feira estivemos presentes na abertura da curta temporada de Carbono, novo disco do Lenine, no Theatro Net Rio, que estava tão lotado quanto costumam ser os shows do pernambucano em sua cidade de coração.

Voltando ao Carbono, quarto elemento mais popular no universo e imprescindível à exuberante vida que levamos, é sem dúvidas a inspiração de um Lenine que amadurecido se volta a liberdade de experimentar na música sem deixar de lado as características que o fazem tão marcante. Dividindo o palco com Bruno Giorgi (bandolim, guitarra, efeitos) e JR Tostoi (guitarra), Guila (baixo, synth) e com a percussão ligeira de Pantico Rocha, Lenine levou para o palco todas as músicas de seu novo trabalho e meio que a contragosto dois ou três músicas marcantes de sua carreira.

lenine show carbono theatro net rio 2015 cobertura ambrosia 009

O show do álbum Carbono pode assustar senhorinhas de longa data fãs do músico, principalmente quando as guitarras começaram a falar tão alto que lembram um show de post-rock, mas colocam também Lenine na vanguarda artística da música popular brasileira num momento em que voltamos a buscar nossa identidade cultural. Mérito de Bruno Giorgi, que além de ter produzido e mixado o disco também comanda os bastidores sonoros da experiência que é Carbono, ainda que por vezes pareça um exagero samplers digitais em meio à músicos talentosos.

Bastante confortável Lenine não dispensou elogios a sua trupe, ao Theatro Net Rio, amigos e o carinhoso público que o acompanha. “Foi massa estrear o Carbono aqui. Tenho uma relação com esse teatro, não foi a primeira vez que toquei no Net, não será a última. Gosto de tocar nesse teatro íntimo, uterino, isso nos permite exercitar o mínimo e então, o relevo é ainda maior”, comentou Lenine.

"Lenine se renova e apresenta grande espetáculo com Carbono", leia o artigo completo em http://goo.gl/EMYF80

Posted by Ambrosia.com.br on Saturday, June 20, 2015

Casa cheia, cenário lindo, músicos de primeira e novas canções. Não sobra muito espaço para críticas, ainda mais com Lenine transbordando felicidade. A ressalva ficou apenas para o som sorround que vinha de todos os lados menos do palco, perdendo um pouco da orgânica do show ao vivo, nada que comprometa a experiência de Carbono.

Se souber de Lenine em sua cidade, não perca a oportunidade.

Fotografias por Rodrigo Abud/Ambrosia

Participe com sua opinião!