em , ,

‘Muito além do arco-íris’: estreia quarto episódio de série documental da Social Comics

A Social Comics lançou no último sábado (26/06), no canal do YouTube, o quarto episódio da série A Importância do Quadrinho Nacional. Desta vez, o tema é a representatividade LGBTQIAP+ no universo das HQs. Muito além do arco-íris é apresentado por Sérgio Marques, do canal Maré Geek. A direção é de Deborah Novais, com roteiro de Luiza Lemos e direção de arte e ilustrações de Talles Rodrigues.

Quadrinistas, jornalistas, criadores de conteúdo e pesquisadores fazem parte das 18 pessoas que deram depoimentos para o episódio. Entre elas, Anita Costa Prado, Mário César, Flávia Gasi, Caio Yo, Gabriela Borges (Mina de HQ), Aureliano, Luiza de Souza, Lino Arruda, Alice Pereira, Kael Vitorelo e Ivan Costa. Todas gravaram os vídeos das próprias casas, em consideração aos protocolos de saúde exigidos devido à pandemia do coronavírus.

Logo no primeiro ato, alguns participantes contam sobre casos de discriminação que vivenciaram. Além disso, cada letra de LGBTQIAP+ é explicada no decorrer de Muito além do arco-íris. Outros assuntos abordados no episódio são a importância da representatividade e do protagonismo dos pertencentes à sigla dentro dos quadrinhos e a questão da interseccionalidade.

Três importantes pessoas para a comunidade e a luta pela causa são destacadas no episódio: Anita Costa Prado (responsável pela criação de Katita, uma personagem lésbica bem resolvida que teve origem em 1995), Laerte e Mário César (quadrinista e organizador da Poc Con, primeira feira voltada exclusivamente para artistas LGBTQIAP+).

Episódios anteriores

Lançado no Dia do Quadrinho Nacional (30/01), o primeiro episódio da série A Importância do Quadrinho Nacional contou com a participação de nomes de várias gerações, como Mauricio de Sousa; José Alberto Lovetro (Jal); Franco de Rosa; Alexandre de Maio; Carlos Ruas; Vitor Cafaggi; Camilo Solano; Guilherme de Sousa; Cris Peter; e o estreante Cacá Gontijo, de 12 anos, que está em processo de produção de seu primeiro quadrinho, em parceria com a Eleven Dragons.

Já o segundo episódio, intitulado A voz das mulheres nos quadrinhos nacionais e apresentado por Aline Diniz e Patricia Gomes, teve o depoimento de mais de 20 mulheres envolvidas na produção de HQs ou no processo de pesquisa. Marina Takeda e Sousa; Adriana Melo; Sonia Luyten; Germana Viana; Natália Bridi; Lilian Mitsunaga; Helô D’Angelo; Marília Marz; Ju Loyola; e Gabriela Franco foram algumas delas.

Preto Nanquim tem como foco a vivência dos negros na nona arte. O roteiro e a direção são de Alexandre Aleixo (Wardogs), enquanto a apresentação ficou por conta de Jhonatan Marques, roteirista do Porta dos Fundos e apresentador da Huuro. Mais de 15 pessoas – como Andreza Delgado; Rafael Calça; Ana Cardoso; Alex Mir; Mandy Barros; LØAD; Kione Ayo; PJ Kaiowá; Ana Paloma Silva; e Thiago Carneiro (AfroNerd) – participaram. O protagonismo negro dentro das narrativas, a vivência dos entrevistados e o resgate da visibilidade afro-brasileira foram alguns dos temas debatidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *