em ,

A exposição das obras de Kandinsky, precursor da arte abstrata, revela um artista à frente do seu tempo

Quem mora ou está de passagem pelo Rio de Janeiro tem até o dia 30 de março para conferir a interessante mostra “Kandinsky: tudo começa num ponto”, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). No mês de abril a exposição segue para Belo Horizonte e depois para São Paulo.

Para quem nunca ouviu falar, Wassily Kandinsky é um dos precursores da arte abstrata. Imperdível, não? Fui até o CCBB antes do Carnaval e tive o prazer de participar com outras pessoas de uma visita mediada pelo arte-educador Roberto Campanerut, formado em História da Arte. Nesta oportunidade pude conhecer a encantadora e curiosa trajetória do abstracionismo russo.

936870-kandinsky_exposic3a7c3a3o_2

Como sou fã da arte impressionista, fiquei admirada em saber que o impressionismo foi o “despertar” para a arte de Kandinsky. O simpático arte-educador Roberto Campanerut nos explicou que uma exposição das obras de Claude Monet e de outros pintores franceses, realizada em 1895, foi um dos fatores determinantes para a mudança de planos do então jovem advogado Wassily. Outro motivo foi ele ter assistido, no Teatro Bolshoi, a uma apresentação da ópera Lohengrin, de Richard Wagner.

o-rio-no-verao-1901-1903-de-wassily-kandinsky-oleo-sobre-compensado-de-madeira-museu-estatal-russo-1415723950801_956x500

A mostra é dividida em cinco blocos: Kandinsky e as raízes de sua obra em relação com a cultura popular e o folclore russo; Kandinsky e o universo espiritual do xamanismo no Norte da Rússia; Kandinsky na Alemanha e as experiências no grupo Der Blaue Reiter, vida em Murnau; Diálogo entre música e pintura: a amizade entre Kandinsky e Schonberg e Caminhos abertos pela abstração: Kandinsky e seus contemporâneos.

pinturas-de-wassily-kandinsky

O acervo reúne mais de uma centena de obras e dos objetos do artista russo Kandinsky, apresentadas pela primeira vez na América Latina. Durante a visita mediada tive a chance de mergulhar dentro do universo criativo deste sensível e determinado artista que sempre esteve muito à frente do seu tempo.

No Branco_Kandinsky

A melhor parte da exposição é a “sala” de imersão sensorial interativa, localizada no andar térreo do centro cultural, onde o público tem a experiência de vivenciar os conceitos desenvolvidos por Kandinsky. Não perca!

Serviço:

CCBB RIO DE JANEIRO

de 28|01 a 30|03 de 2015

Rua Primeiro de Março, 66

Telefone: (21) 3808-2020

De quarta a segunda, das 9h às 21 horas

Entrada gratuita

CCBB BELO HORIZONTE

de 15|04 a 22|06 de 2015

CCBB SÃO PAULO

09|07 a 28|09 de 2015

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

#Lançamento'22 Circuito Ambrosia