Amy Schumer, o grande motivo para assistir a “Sexy Por Acidente” –
em ,

Amy Schumer, o grande motivo para assistir a “Sexy Por Acidente”

Sabe aquele tipo de filme em que a protagonista segura, praticamente, toda a história? Então, Sexy Por Acidente, mesmo sendo uma comédia crítica aos padrões estéticos estabelecidos (e até de certa forma sendo metade do filme bem promissora), é bem por aí. Aliás, basicamente quase todo filme com Amy Schumer sobressai-se muito mais a atriz do que a própria produção.

O longa conta a história de Renee Bennett (Schumer), uma nova-iorquina acima do peso, cuja autoestima anda baixa. Funcionária do departamento de compras on-line de uma marca de cosméticos, num local de trabalho mais secundário e escondido, a jovem obviamente não está satisfeita com o próprio corpo. Ao cair do aparelho de numa aula de spinning, ela passa a se ver como a mulher mais bonita e empoderada, o que influencia até sua vida profissional.

Com referências claras a filmes como O Diabo Veste Prada e O Amor é Cego, o longa brinca com a questão dos padrões, mas pela ótica da autoestima, o que é bem interessante a priori. Não vemos a Renee idealizada que a mesma se vê, assim, compactuamos da mesma sensação dos seus interlocutores. Mas o longa dos diretores e roteiristas Abby Kohn e Marc Silverstein – um típico Body Positive Movie (!) – desenvolve tudo da maneira mais previsível possível. Da curva da personagem (já imaginamos que a protagonista irá esnobar as amigas de sempre) até o desfecho (com discurso catártico em evento com plateia), tudo transcorre dentro de sucessivos clichês.

 

A caricatura do mundo corporativo da beleza, do qual a protagonista chega ao paroxismo de sua aparente transformação, é bem representada pela figura hilária de Avery LeClaire (Michelle Williams, ótima), uma executiva insegura e seu indefectível tom de voz. Entretanto o roteiro pouco desenvolve esse universo no filme e ainda deixa pontas soltas, como a função do irmão de Avery na trama.

Mas é Amy quem coloca o filme no bolso com seu carisma certeiro, sempre potencializando suas cenas. A experiência como comediante é muito valiosa quando tem que trabalhar em cima de um roteiro limitado e pendendo ao lugar comum. A prova mais cabal disso está na maneira como desenvolve sua relação amorosa com Ethan (bela química com Rory Scovel), quase merecendo um longa próprio. Sexy Por Acidente é uma bobagem divertida e esquecível com uma protagonista maior que o filme em si.

Filme: Sexy Por Acidente (I Feel Pretty)
Direção: Abby Kohn e Marc Silverstein
Elenco: Amy Schumer, Michelle Williams, Rory Scovel
Gênero: Comédia
País: EUA
Ano de produção: 2018
Distribuidora: Paris Filmes
Duração: 1h 50min
Classificação: 12 anos

Avatar

Publicado por Renan de Andrade

A paixão pelo audiovisual me pegou de assalto desde o berço. Assim como a necessidade de desbravar o alcance da comunicação. Formado em Jornalismo e atuando nas áreas de roteiro e direção na TV, sinto-me cada vez mais imerso nos matizes da arte (audiovisual) e da vida (comunicação).