em ,

“Coringa” vence o prêmio máximo do Festival de Veneza

“Coringa”, filme que mostra uma abordagem inédita e peculiar do maior inimigo do Batman, ganhou nesse sábado (7 de setembro) o Leão de Ouro no Festival de Veneza 2019. O longa já vinha recebendo elogios de críticos e teve oito minutos de aplausos após sua exibição. A produção já está em alta nas apostas para o Oscar 2020.

Apesar das láureas a Joaquin Phoenix no papel do palhaço do crime, o prêmio de Melhor Ator foi para Luca Martinelli por Martin Eden. Isso acontece porque em Veneza o júri não pode dar mais de um prêmio para o mesmo filme. O de Melhor Atriz ficou com Ariana Ascaride por Gloria Mundi. Lembrando ainda que houve produção brasileira ganhando prêmio em Veneza. O documentário “Babenco: Alguém Tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou”, estreia de Bárbara Paz na direção, foi agraciado com o prêmio da Mostra Classici.

O júri deste ano foi presidido por Lucrecia Martel, juntamente com Mary Harron (substituindo Jennifer Kent), Piers Handling, Stacy Martin, Rodrigo Prieto, Tsukamoto Shinya e Paolo Virzi.

Dirigido por Todd Phillips, com Robert De Niro e Zazie Beetz (“Deadpool 2”) no elenco, “Coringa” estreia no brasil em 3 de outubro.

Mais sobre Coringa aqui.

Deixe sua opinião

Publicado por Cesar Monteiro

IT 2 – diretor e elenco falam sobre a importância do segundo ato

Cine Ceará – “Greta” vence o prêmio principal