em , , ,

In-Edit Brasil, o Festival Internacional do Documentário Musical, chega à 12ª edição com programação online

Muita coisa boa!

In-Edit Brasil, o Festival Internacional do Documentário Musical, chega à 12ª edição com programação online | Agenda | Revista Ambrosia

Em sua primeira edição on-line, devido à pandemia de Covid-19, o Festival Internacional do Documentário Musical In-Edit Brasil chega à 12ª edição promovendo a exibição de mais de 60 filmes nacionais e internacionais pela internet entre os dias 9 e 20 de setembro.

As atrações podem ser acessadas gratuitamente ou com ingressos a R$ 3 com receita revertida pelo festival para trabalhadores da música e do cinema afetados pela pandemia.

Dentre os títulos internacionais que integram a mostra, 22 filmes são inéditos em circuitos comerciais. A lista de títulos inclui os documentários “The Quiet One”, com Bill Wyman, baixista original dos Rolling Stones. “White Riot”, sobre o movimento Rock Against Racism que teve apoio de bandas como The Clash, Sham 69, Steel Pulse, entre outros.

“My Darling Vivian”, no qual as filhas do primeiro casamento de Johnny Cash decidem contar sua versão após o sucesso do filme “Johnny e June”. E “Aznavour by Charles”, de Marc di Domenico, com imagens feitas pelo cantor através de uma câmera bolex que ganhou de presente de Edith Piaf.

In-Edit Brasil, o Festival Internacional do Documentário Musical, chega à 12ª edição com programação online | Agenda | Revista Ambrosia

Nas produções do Brasil, o festival é dividido em Competição Nacional, Mostra Brasil, Brasil.Doc e Curtas Brasileiros, o festival celebra mais um ano com uma ótima safra de documentários musicais apresentando personagens de diversos estilos. A grade conta com documentários sobre Dorival Caymmi, Pitty, Arto Lindsay, Mestre Cupijó, banda Flicts, Quebradeiras de Coco Babaçu, Felipe Cordeiro, Walter Smetak, Autoramas,  Amaro Freitas, Mateus Aleluia, Elton Medeiros, o compositor e violonista Aníbal Augusto Sardinha, o Garoto, entre outros.

Junto dos filmes nacionais e Internacionais, o festival apresenta a Mostra Portugal, em parceria com o Instituto Camões e a Embaixada de Portugal, com uma seleção de documentários musicais recentes mais destacados do país e a estreia nacional da biopic “Variações”, de João Maria, sobre  a história de Antônio Variações.

O festival também apresentará debates e entrevistas exclusivas com diversos diretores do Panorama Brasileiro e do Panorama Mundial, uma Masterclass com o cultuado diretor inglês Julien Temple mediada pelo jornalista André Barcinski e uma série de shows especiais com Autoramas, Felipe Cordeiro e Flicts, realizados no Espaço Som (SP), sem plateia, com transmissão ao vivo e gratuita em todo o Brasil.

Toda programação poderá ser acessada pela plataforma do festival (in-edit-brasil.com) e também através de plataformas parceiras (Sesc Digital e Spcine Play).

Participe com sua opinião!