em ,

James Gunn está de volta à Marvel Studios e dirigirá Guardiões 3

Uma grande reviravolta aconteceu no mundo do cinema de super-heróis nessa sexta-feira (15/03): James Gunn foi recontratado pela Marvel Studios e comandará Guardiões da Galáxia Vol. 3 (via THR).

Entenda a polêmica

Em julho de 2018, veio a notícia que Gunn foi demitido da Marvel Studios (que pertence à Disney) devido ao compartilhamento de conteúdo inapropriado seu Twitter muito tempo antes de assumir o papel de diretor no MCU. O cineasta pediu desculpas pelas publicações em que ele parecia brincar sobre a pedofilia e estupro.

Mas o presidente do Walt Disney Studios, Alan Horn, anunciou sua saída e divulgou um comunicado em que dizia: “As atitudes e declarações ofensivas descobertas no Twitter de James são indefensáveis (…)[elas] são inconsistentes com os valores do nosso estúdio, e nós cortamos nosso relacionamento comercial com ele”.

No entanto, o posicionamento no meio cinematográfico foi favorável a Gunn. Membros da equipe de Guardiões, incluindo os astros Chris Pratt, Zoe Saldana, Bradley Cooper e Dave Bautista, assinaram uma carta aberta pedindo que o cineasta fosse recontratado. Bautista, em particular, tinha sido bastante claro em seu apoio ao diretor. Na época, o roteiro do terceiro filme da equipe já estava pronto.

Gunn se pronunciou publicamente com a mensagem: “Minhas palavras de quase uma década atrás foram, na época, totalmente fracassadas e infelizes esforços para serem provocativas”, dizia a declaração de julho de 2018. “Eu me arrependi delas por muitos anos desde então – não apenas porque elas eram idiotas, nada engraçadas, loucamente insensíveis, e certamente não provocativas como eu esperava, mas também porque elas não refletem a pessoa que eu sou hoje ou tenho sido por algum tempo.”

James Gunn está de volta à Marvel Studios e dirigirá Guardiões 3 | Filmes | Revista Ambrosia
James Gunn

A virada

Algum tempo depois da demissão, foi anunciada a ida de Gunn para a Warner Bros. e DC onde escreveria e dirigiria Esquadrão Suicida 2. Agora, no momento em que a expectativa por Vingadores: Ultimato (que tem personagens de Guardiões na trama) se acirra após a divulgação do trailer completo, chega o anúncio da volta de Gunn ao MCU.

Nas semanas após a demissão de Gunn, a Disney começou a busca por novos diretores. Essa busca desgastado o estúdio e já não se ouvia muito sobre o projeto. Apenas era confirmado 2020 como ano de lançamento, sem especificar a época do ano. De acordo com fontes, a Marvel / Disney já havia feito um acordo em segredo com Gunn. Em agosto, Horn se encontrou com Gunn e o co-presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, para falar sobre a possível volta, mas nada resultou dessa reunião na época.

Guardiões da Galáxia Vol. 3 está em desenvolvimento, mas foi adiado de sua data de lançamento original em 2020. Não há nova data de lançamento até o momento.

Deixe sua opinião

Publicado por Cesar Monteiro

Bate-papo na Ugra com as quadrinistas Aline Zouvi e Gauthier

Banda chilena Cabezas Rojas traz punk andino para a Audio Rebel