em

Movie Tunes: Trainspotting

O ano era 1996 e Trainspotting invadiu os cinemas do mundo todo com sua história sobre adolescentes viciados em heroína que tentavam sair dessa vida, tudo com muito humor negro e uma pitada dramática fantástica.


No mesmo ano, a trilha sonora deste filme estourou nas lojas e rádios, graças especialmente a uma música que ficou muito famosa e até hoje é facilmente lembrada. É com ela que o filme começa e é com ela que eu começo:
Lust For Life – Iggy Pop

Iggy Pop ainda volta na trilha com mais três músicas: “The Passenger”, “Nightclubbin” e um remix desta última. David Bowie, parceiro de anos de Iggy, aparece ainda na trilha com “Golden Years”.

Muita loucura essa abertura do filme, mas nem se compara com o que estava por nos aguardar dentro do filme. Mas, antes de chegar ao que havia dentro do filme, é legal de se avaliar o ambiente no qual se passa o filme.

A Escócia no final dos anos 90 estava em vivendo uma certa decadência econômica, assim como todo o Reino Unido e boa parte da Europa, criando uma geração de jovens de classe média com pouco interesse pelo futuro, vivendo suas Club Lifes e tentando se virar entre drogas, sexo e música eletrônica, afinal, naquela mesma época, estava nascendo o movimento do Techno Rock, que era uma espécie de repúdio a todo conceito estabelecido pelas gravadores de música.

Junto deste movimento estava se erguendo o Trip Hop na Inglaterra com bandas como Sneaker Pimps, Morcheeba, Massive Attack, Portishead, etc. O Underworld ganhou sua notoriedade em razão da vasta experiência que a banda tinha com a mistura de rock com eletrônico, inspirados em Kraftwerk principalmente. Porém, somente após a chegada do DJ Darren Emerson que o agora trio criou sua mais famosa música e uma das mais influentes músicas dos anos 90: Born Slippy

A banda ainda tem mais uma música na trilha chamada “Dark & Long (Dark Train)”.

Ainda seguindo adiante com a trilha, começa a invasão do novo rock inglês com bandas como Blur, Elastica, Primal Scream e o vocalista Damon Albarn, que com a música abaixo começou a criar uma diferenciação em sua carreira, que levaria, nos anos seguintes, à criação dos Gorillaz:

Mas não só a então nova geração fazia parte da trilha. New Order, Lou Reed, Leftfield, Sleeper e Joy Division tinham sua parcela da trilha, sendo que Sleeper tinha duas músicas na trilha completa do filme. Abaixo, New Order.

Este foi o primeiro filme do ator Kevin McKidd e com certeza o que catapultou a carreira de Ewan McGregor. O diretor Danny Boyle ainda fez alguns filmes bons após este como “Por uma Vida Menos Ordinária” e “28 Dias” (se alguém falar que A Praia é bom vai ser internado). Para finalizar, a cena mais nojenta do filme. A famosa cena da privada (assista se tiver estômago forte porque eu que sou eu fiquei com nojo).

Só avisando, isso tudo dentro da privada são chocolates e, segundo o elenco, tinha um cheiro agradável, ainda assim a cara da coisa toda não me agrada em nada. Semana que vêm estamos de volta com mais trilhas e quem sabe surpresas (ou não).

J.R. Dib

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *