em ,

TopTop CurtiCurti

“Mulher-Maravilha 1984”: 10 easter eggs do filme

“Mulher-Maravilha 1984” finalmente entrou em cartaz, depois de uma sucessão de adiamentos por conta da pandemia. O filme traz alguns easter eggs que vamos esclarecer aqui. Atenção! O texto traz spoilers da trama, então é indicado para quem já conferiu o longa. Caso contrário, é por sua conta e risco.

Super velocidade

No início do filme ela se utiliza de velocidade sônica para salvar as pessoas, um poder visto nos quadrinhos em Mulher-Maravilha #195, de 2003, mostrado pela primeira vez na telona.

Anos 80

O filme se passa em 1984 e além da (ótima por sinal) ambientação de época, há no filme de modo geral um tom das aventuras do cinema e da TV naquele período, incluindo a série de TV estrelada por Lynda Carter.

Há também piadas com a moda oitentista na cena em que Steve Trevor experimenta várias roupas antes de sair com Diana. A hoje inaceitável pochete e a calça de vinil, que o faz perguntar se todo mundo passou a ser paraquedista são as brincadeiras com o vestuário de então.

Superman de Richard Donner

A diretora Patty Jenkins nunca escondeu sua inspiração em “Superman: O Filme”, de Richard Donner, para criar sua adaptação para as telas da heroína. Os voos da Mulher-Maravilha quando recupera seus poderes remetem aos do Superman interpretado por Christopher Reeve.

Jato invisível

Muita gente especulou se o jato invisível da Mulher-Maravilha, um dos maiores geradores de memes do universo DC, estaria no filme. De certa forma está. Na sequência em que Diana e Steve roubam um jato para voar de Washignton até o Egito, a heroína usa seu poder para fazer a aeronave ficar invisível e escapar das forças de segurança no encalço dos dois.

Indiana Jones

A sequência da perseguição à Maxwell Lord em uma estrada no Egito é bastante parecida com a eletrizante cena de perseguição do caminhão no primeiro (e melhor) longa de Indiana Jones, “Os Caçadores da Arca Perdida”. O longa de 1981 também foi citado por Patty Jenkins como uma influência para o primeiro Mulher-Maravilha e que se faz presente neste também.

O Reino do Amanhã

A armadura usada por Diana no final do filme nos remete à graphic novel O Reino do Amanhã, desenhada por Alex Ross e escrita por Mark Wald juntamente com Ross. Na trama uma versão mais velha da Liga da Justiça tentava manter o planeta a salvo, depois de Lex Luthor ter unido todos os vilões que existiam. Assim como no filme, na HQ Diana tira a armadura dourada da parede para enfrentar um grande desafio.

Cristal do Caos

A pedra dos desejos em torno da qual a trama gira – traz Steve Trevor de volta, confere força e sensualidade a Barbara, que posteriormente se transforma em Mulher-Leopardo, e transforma Maxwell Lord em um ser super poderoso prestes a dominar o mundo – faz referência com o conto da Pata do Macaco.

Mas também pode ser traçado um paralelo com o Cristal do Caos das HQs do Batman. Trata-se de um um mineral forjado no mundo de Apokalips. Seus fragmentos podem ser usados para reescrever realidades e conceder desejos.

Brother Eye

Outra relação com as HQs. No filme Maxwell Lord acessa um grande satélite do programa de defesa dos EUA para alcançar uma escala global em seu plano de conceder desejos e absorver poder na mesma proporção. Isso nos remete ao Brother Eye, que nos quadrinhos é um gigante satélite construído por Bruce Wayne para conduzir uma vigilância clandestina no planeta.

Com a interferência de Lord, a tecnologia foi capaz de transformar os cidadãos comuns nos chamados OMACs (sigla em inglês para Exército de Um Homem), poderosos guerreiros controlados por ele.

Sapato de oncinha

Na cena em que Diana e Barbara se conhecem, a heroína está com um sapato de oncinha, que faz um aceno ao visual original da Mulher-Leopardo.

A eterna Mulher-Maravilha Lynda Carter

Sim! a atriz que eternizou a personagem em versão live action na série de TV dos anos 1970 aparece na cena pós-créditos como uma heroína que impede que a queda de um poste de luz atinja um carrinho de bebê. Perguntada pela mãe do pequeno quanto a seu nome, ela responde que se chama Asteria, ou seja, a guerreira de Temyscira, a que Diana se referiu mais cedo no filme como a dona da armadura dourada.