em ,

Novo “De Volta Para O Futuro” seria ultrajante para Robert Zemeckis

Neste aniversário de 30 anos de “De Volta Para o Futuro” (o filme estreou em 3 de julho de 1985), o diretor Robert Zemeckis declarou que jamais daria sinal verde a um remake ou continuação da trilogia. Segundo o jornal inglês The Independent, o diretor e co-roteirista da trilogia disse que a respeito de um reboot ele teria apenas três palavras: “Oh, Deus, não!”

Em entrevista ao Daily Telegraph, Zemeckis disse que um remake não pode acontecer. Pelo menos não enquanto ele e o roteirista Bob Gale estiverem vivos.

“Para mim isso seria ultrajante. Especialmente em se tratando de um bom filme. É como dizer ‘vamos faer um remake de Cidadão Kane. Quem vai interpretar o Kane?’ Que loucura, que insanidade é essa? Quem faria isso?”

robertNo que depender dos criadores, parece que, felizmente, De Volta Para O Futuro ficará longe da febre de remakes, reboots e continuações que assola Hollywood, e permanecerá no lugar a que pertence: os anos 80. Até porque Gale já havia dito em 2008 que não haveria possibilidade de fazer um “De Volta Para O Futuro” sem Michael J. Fox, que luta contra o mal de Parkinson. “A ideia de fazer um De Volta Para O Futuro sem Fox é como dizer ‘vou fazer um bife para o seu jantar e vou ficar com a carne.’”

O próximo filme de Zemeckis é “A Travessia”, sobre o equilibrista francês Philippe Petit, vivido por Joseph Gordon-Levitt, famoso por ter atravessado as Torres Gêmeas usando apenas um cabo em uma performance ilegal em 7 de agosto de 1974 que ganhou destaque no mundo inteiro.

Fonte: MSN UK

Leia também:

Cinemateca: De Volta Para O Futuro resiste ao tempo pela força de sua magia

“De Volta Para O Futuro” escapou da atual onda de sequências que assola Hollywood?

Opiniões

Participe com sua opinião!

Carregando

0