Ambrosia Filmes Os 10 melhores filmes bíblicos de todos os tempos

Os 10 melhores filmes bíblicos de todos os tempos

Aproveitando a deixa de “Noé” que estréia essa semana, fiz essa lista dos 10 filmes bíblicos que mais marcaram a história do cinema. Não importando o fato de ser uma pessoa religiosa ou não, tal gênero sempre fez um enorme sucesso e acabou dando abertura para outros filmes épicos (classificação que passaram a ter os filmes com essas proporções) surgirem sem serem da mesma temática.

10 – Os 10 Mandamentos (1956)

157406-the-ten-commandments

Este extravagante filme de Cecil B. De Mille pode ser considerado o mais importante dos filmes bíblicos, encabeçado por Charlton Heston.

09 – A Vida de Brian (1979)

life

Um filme bíblico diferente, um embuste com comentários hipócritas, intolerantes e que mostra uma outra visão da história. Um clássico do Monty Phyton.

08 – A Última Tentação de Cristo (1988)

the_last_temptation_of_christ

Será para sempre um dos filmes mais controversos de Martin Scorsese e sua visão sobre a mensagem que Jesus passou, um filme para espectadores mais sérios.

07 – Decálogo (1988)

Dekalog1-1

Dez Mandamentos, 10 magníficos curtas metragens situados em um conjunto de apartamentos na Polônia, feito para a TV pelo falecido Krzysztof Kieslowski.

06 – O Príncipe do Egito (1998)

Prince-of-egypt-Moses-Bush

Inspirado no livro Êxodus, esta belíssima animação-musical é um deleite para os olhos e é igualmente interessante.

05 – A Paixão de Cristo (2004)

passion of the christ movie bearing cross easter jesus

Mel Gibson conseguiu produzir um filme no idioma da época, aramaico, recheado de cenas de tortura e sadismo, o que foi prontamente massacrado pela crítica, mas que ainda assim, lhe concedeu três indicações ao Oscar.

04 – Ben-Hur (1959)

Ben-Hur-chariot

A Era Romana e seus escravos apresenta outra incrível atuação de Heston como pivô do Sermão de Cristo e também se aventura numa épica corrida de bigas que toma somente nove minutos dos 212 restantes. Não é de admirar que seja o filme a mais faturar estatuetas do Oscar de todos tempos, honra essa dividida com “Titanic” e “O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei”.

03 – Quo Vadis (1951)

quo-vadis-poster

A era de ouro da MGM se deve a Cristo! Esta pródiga história sobre o conflito Romano-Cristão é universalmente adorada, graças ao elenco com Robert Taylor, Deborah Kerr e os atores coadjuvantes, Peter Ustinov e Leo Genn. O compositor Miklós Rózsa viria a fazer também a trilha sonora de Ben-Hur.

02 – Barabbas (1962)

barabbas-03-g

O filme explora a crise existencial do ladrão, interpretado brilhantemente por Anthony Quinn, o qual Jesus leva a culpa por seus crimes. É quase o oposto de “Gladiador”, mas com um final espiritual mais feliz.

01 – O Evangelho Segundo São Mateus (1964)

oevangelhosegundosaomateus02

O diretor, Pier Paolo Pasolini é homossexual, ateu e socialista que obteve o selo de aprovação do Vaticano com esse filme, do que mais você precisa para assistir?

Fonte: EW

7 COMENTÁRIOS

  1. Eu nao acredito que voce tenha colocado O principe do Egito (Animaçao da
    disney que comparado com os Desenhos Biblicos perde em muito) e
    deixou de citar classicos como: O manto (1953), Demetrius e os
    Gladiadores (1954), Joana D’arc (1948) , Jesus de Nazaré (1977), A Maior Historia ja Contada (1965), Rei dos Reis …rs
    Precisa melhorar essas suas “fontes “. Bom, parabens e
    grande abraço.

  2. O que Joana D”Arc tem de bíblico?
    Para falar a verdade, dos filmes listados apenas dois ou três podem levar esse título/gênero, os demais têm como enredo histórias baseadas no que está escrito na Bíblia. E na minha opinião, isso não faz deles bíblicos.
    Filmes bíblicos para mim são: “A Rainha Esther”, “O Profeta Jeremias”, “Jesus de Nazaré”, o já citado “Os dez Mandamentos”, entre outros.
    Estes seguem o que está escrito. Criando apenas alguns trechos para preencher as lacunas não descritas na Bíblia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

próxima publicação