em

"Pelos Olhos de Maisie" é uma tocante fábula da vida real

Alguns casais se envolvem tanto em seus problemas matrimoniais que acabam deixando os filhos um pouco de lado, negligenciado-os da pior forma e os excluem dos problemas ao invés de incluí-los e procurar explicar o que está acontecendo. Crianças são resistentes e tem uma percepção muito aguçada do que ocorre a sua volta. Se engana quem acha que eles não tem capacidade para entender. Mesmo não falando, eles sabem de tudo, do jeito deles, mas sabem. Em “Pelos Olhos de Maisie” conseguimos ter essa noção melhor.

WMK_DAY_32__0165.NEF

Maisie (Onata Aprile) é uma menina muito esperta e que vive num enorme apartamento com seus pais Susanna (Julianne Moore) e Beale (Steve Coogan). Sua mãe é vocalista em uma banda de rock independente e seu pai é um empresário. Ela tem um quarto enorme, cheio de brinquedos e passa suas tardes se divertindo muito com a sua bába Margo (Joanna Vanderham). Infelizmente a vida de Maisie está prestes a mudar bastante pois seus pais estão brigando todas as noites, e Maisie ouve todas as discussões ao pé da escada, e então eles acabam se separando. Os dois vão constantemente ao tribunal e acabam com a guarda compartilhada de Maisie, onde ela terá que ficar 10 dias com o pai e 10 dias com a mãe. Com isso, Maisie acaba ganhando um quarto novo e muitos outros brinquedos. Mas para a menina nada parece ter mudado. Seu pai agora namora sua babá e não demora muito se casam. Para não ficar para trás, sua mãe arranja um namorado, Lincoln (Alexander Skarsgård), e é com os pais ‘postiços’ com quem Maisie passa todos os seus dias. Enquanto isso, os pais prestam muita atenção no que o outro está fazendo, mas parecem não prestar tanta atenção em Maisie.

maisie2

O diretores Scott McGehee e David Siegel conseguem através dos olhos de uma menina, nos contar brilhantemente as dificuldades que ela sofre, ainda que calada, pelo divórcio dos pais. É tão real e a atriz mirim tão encantadora que não dá para não gostar. Ela se torna a adulta perante os adultos tão infantis que a cercam, e é uma inversão de papéis tão sutil e ao mesmo tempo emocional.
O elenco é a principal razão para que esse filme seja o espetáculo que ele é. Moore é uma mãe tresloucada, roqueira e perfeccionista que está muito focada em sua carreira para dar a atenção devida a filha. Ela está mais preocupada com sua própria turnê e em como dar o troco no ex-marido. Já o pai, Coogan, um grande empresário, que vê no casamento frustrado e repentino com a babá (que se torna uma esposa tão frustrada quanto sua ex) a chance de conseguir ganhar a guarda da filha, mesmo que ele mal tenha tempo de ver a criança e não saiba como ser um pai. Por ser sempre deixada de lado, é nas figuras de Skarsgård e Vanderham que Maisie vai aprender que adultos e crianças sofrem dos mesmos problemas algumas vezes, e é neles também que ela começa a construir algo que sempre quis: uma família. E mesmo com todos esses nomes de peso, é a pequena e expressiva Onata Aprile quem rouba as cenas, com esses lindos e profundos olhos, ela consegue transmitir a nós espectadores todos os seus sentimentos, bons ou ruins

What-Maisie-Knew-Maisie-still-886px-×-567px

“Pelos Olhos de Maisie” é mais do que outro filme no estilo de “Kramer vs. Kramer”, um clássico, é uma tocante fábula, não tão lúdica, de algo tão real quanto um divórcio e tão real quanto as crianças que precisam passar por um.

Estréia em 10 de Janeiro.

alguém opinou!

Deixe sua opinião!

Participe com sua opinião!