em

Sete Dias com Marilyn

 

“Sete Dias com Marilyn” é baseado nos registros do jovem Colin, um rapaz inglês que sonhava em trabalhar com cinema. A história mostra os bastidores do filme “Príncipe Encantado”, estrelado por Marilyn na década de 50, na Inglaterra.

Confira o trailer:

Colin era o terceiro assistente de direção nas filmagens, e a história é narrada sob seu ponto de vista.

Além de Marilyn, está no elenco Laurence Olivier, uma estrela do cinema da época, que também dirige o filme. Nos deparamos então com um pequeno confronto de egos, já que Marilyn também era uma estrela e contava com alguns paparicos durante as gravações, sem contar o seu temperamento perdido, os frequentes atrasos para as filmagens e o esquecimento das falas.

Marilyn era uma diva, mas estava insegura, não acreditava em si e estava em conflito consigo mesma. Como um escape, ela acabava afundada nas bebidas e se entupia de remédios. Então, aparece Colin, deslumbrado com Marilyn e com seu primeiro trabalho, perto de grandes estrelas do cinema, o rapaz acaba se aproximando dela. Em momentos de solidão, ela faz questão da presença dele, que se torna seu confidente.

Como já era de se esperar, essa relação não avança, e então Marilyn volta para os Estados Unidos deixando Colin com o coração partido. Mas ele se sente feliz por ter presenciado momentos únicos ao lado desta diva.

É um filme parado, sem grandes surpresas, porém, vale pela ótima atuação de Michele Williams na pele de Marilyn. Ela conseguiu captar a essência daquela que, além de musa da década de 50, foi uma grande atriz e o maior ícone de sensualidade.

[xrr rating=3/5]

Participe com sua opinião!

Iniciante

Publicado por Fabiola Mininel

“À Beira do Abismo” surpreende com um roteiro bem elaborado

O Paraíso de Zahra