em , , ,

Sorry to Bother You traz narrativa de ficção especulativa pra tratar de problemas reais e urgentes

Resenha do filme Sorry to Bother You, de Boots Reilly

 

Neste episódio de Impertinências da Raquel, faço a resenha do longa Sorry to Bother You, o primeiro da carreira do versátil Boots Riley, mais conhecido pelo seu percurso no universo da música. Boots é rapper, compositor, roteirista e agora diretor de cinema. É vocalista em dois grupos musicais: The Coup e Street Sweeper Social Club.
Sorry to Bother You é um filme inovador que traz, através de sua linguagem fresca e criativa de diretor estreante cheio de coisas a mostrar e dizer, a história de Cassius Green, um jovem americano negro, interpretado por Lakeith Stanley, que precisa desesperadamente de um emprego e acaba por buscar refúgio num dos lugares mais cruéis do mercado de trabalho: o telemarketing. . No vídeo traço paralelos com o filme Get Out, de Jordan Peele, outro filme maravilhoso deste que parece ser um movimento ou uma onda de novos diretores com habilidade de trazer para as telas narrativas em torno da questão racial, contadas através de protagonistas negros fortes, que fogem dos estereótipos que o cinema criou em torno deste universo.
Enfim, há muito mais coisas a se dizer sobre este maravilhoso filme, e tentei contar um pouquinho pra vocês nessa resenha, fazendo ora isso, até menção ao artista Basquiat. 🙂
Espero que gostem.

Deixe sua opinião

Era Uma Vez Um Deadpool, assista ao trailer oficial

"O Pequeno Príncipe no Planeta da Música" faz seu último fim de semana no Teatro Serrador no Rio