em

EA Sports revela novos detalhes para o game "Madden NFL 15"

Uma boa notícia para os fãs dos games de Futebol Americano: a EA Sports revelou alguns detalhes do seu novo simulador do esporte, “Madden NFL 15”.
Os detalhes em questão tratam do modo Madden Ultimate Team, que é similar ao presente no jogo de futebol da mesma empresa, o “FIFA Soccer”, onde o jogador poderá montar o time dos sonhos, usando estrelas do futebol americano atuais e do passado.
Isso será possível através das compras de pacotes contendo novos jogadores, técnicos, jogadas ensaiadas, estádios e muito mais através do sistema de moedas virtuais adquiridas nas competições onlines ou nos desafios no modo de jogador único (singleplayer/offline).
Outro detalhe revelado (esse mais folclórico do que técnico) está em quem será a estrela da capa dessa edição. Trata-se do polêmico Cornerback (CB) Richard Sherman. Apesar da pose estranha e sem sentido do jogador, o folclore incorre na famosa Maldição da Madden NFL, que consiste em uma lenda onde diz que, depois da edição do “Madden NFL” de 1998 a EA Sports decidiu retirar da capa o ex-treinador e comentarista John Madden (inspiração para o título do game) e incluir estrelas do time campeão da então temporada da NFL. Tais jogadores passaram a sofrer lesões graves, cometer erros grotescos que custavam todo o campeonato e houve até casos de morte. Ciente de tal maldição, a EA Sports fez algo inédito em 2009: Colocou 2 jogadores na capa do “Madden NFL 2010” esperando anular a maldição ou dividi-la entre os dois jogadores. Mas, a maldição não seguiu essa lógica e escolheu um dos astros, Troy Polamalu, que lesionou o joelho logo no primeiro jogo da temporada e perdeu quatro jogos, voltou a jogar por mais três jogos, mas, lesionou o joelho novamente e perdeu o resto da temporada.
1403272185-media
“Madden NFL 15” será lançado dia 26 de agosto para Xbox 360, Xbox One, PlayStation 3, e PlayStation 4.

Deixe sua opinião

Seriado "The Big Bang Theory" continua sem elenco

FLIP 2014: Conversando com o autor Augusto Pessoa