em

Conheçam “Os Segredos de Wintercraft” e o véu que separa os mundos

Kate Winter é uma jovem corajosa, disposta a arriscar a vida para resgatar seu tio de uma prisão em meio a uma guerra, ainda tem que enfrentar um perigoso assassino que está à sua caça. Kate é uma dos Dotados, indivíduos que podem ver através do véu que existe entre a vida e a morte, e eis o motivo de ser caçada pela Guarda e pelo Conselho Superior de Albion.  A única saída para Kate, para aqueles que ela ama, e até mesmo para o lugar que morou, é encontrar um livro perdido chamado Wintercraft.

wintercraft“Wintercraft” é uma série que debuta nas livrarias; a capa atrai de imediato, mas não vamos julgar, né! Pois bem, a história trata, como podemos ver, desta moça que tem o poder de sentir, conversar e ressuscitar os mortos. Escrita pela britânica Jenna Burtenshaw, “Livro Perdido” (tradução de Dilma Machado, 296 páginas, R$ 34,50), o primeiro volume foi lançado pela Rocco em agosto deste ano e segue a linha dos grandes autores britânicos que escrevem ao público juvenil, com histórias envolventes como foram ou são Joe Abercrombie, Tom Arden, Joseph Delaney, C.S. Lewis, J.K. Rowling ou J.R.R. Tolkien.

Em meio a uma guerra que ocorre há tanto tempo… o povo até se esqueceu do motivo dela. Estamos em Albion, na cidade de Morvane, onde conheceremos Artemis Winter e sua sobrinha, Kate, no negócio da família, uma pequena livraria. Há dez anos que o Conselho levara muitos dos habitantes, inclusive os pais de Kate, para lutar na guerra. O tempo acomodou os habitantes da cidade, menos Artemis, que vivia tenso, com o receio do retorno dos Guardas, procurando soldados e os Dotados.

Os Winters são uma família com uma linhagem de Dotados muito poderosos e o Conselho de Albion quer a todo custo ter um membro desta linhagem. E o homem mais temido de Albion, Silas Dane, tem a missão de executar as ordens do Conselho, porém deseja o poder dos Winters para seus próprios interesses.

O cenário é o que faz realmente a diferença, as cidades de Morvane e Fume, especialmente a cidade subterrânea, são lugares fantásticos, sem os clichês do gênero. Morvane é uma pequena cidade murada, sem muitos atrativos, mas esconde sob sua base alguns túneis subterrâneos assustadoramente impressionantes. Já Fume é uma verdadeira maravilha, a tenebrosa e luxuosa capital de Albion é uma cidade construída sobre milhares de sepulturas; debaixo de suas torres temos outra cidade. Em vez de derrubar a cidade que existia originalmente, o Conselho decidiu construir sobre ela, e não cogitou que alguém iria continuar a viver ali debaixo.

É uma boa alternativa, mas apesar da solidez da narrativa, da boa escrita e da trama que flui num cenário vibrante, com elementos steampunk de cenas e lugares bem desenvolvidos,  rico em detalhes, podemos notar que os personagens, infelizmente, não possuem a mesma característica que o todo possui. Magia, mistério e ação estão juntos neste primeiro livro de Burtenshaw. E com autoridade a inglesa vai aos poucos revelando a história desta Albion e seus habitantes. À medida que os leitores descobrem mais sobre a jovem e aventureira Kate Winters e o misterioso e atormentado Silas Dane, são capturados por Livro Perdido, primeiro volume da série Os Segredos de Wintercraft. Fiquei agradavelmente surpreendido por Livro Perdido e vou verificar as sequências dessa  fantasia,  tenho certeza que muitos fãs do gênero irão se surpreender com o véu que separa os mundos.

Participe com sua opinião!