em

A Guerra dos Tronos, de George R.R. Martin

- A Guerra dos Tronos George R R Martin - A Guerra dos Tronos, de George R.R. Martin

Em uma terra onde o inverno pode durar toda uma geração, a última década de verão tornou a maioria das pessoas demais confortáveis e até mesmo o rei dos Sete Reinos, Robert Baratheon, perdeu seu porte de guerreiro em detrimento de uma vida regada a prazeres. A vida segue quente menos ao norte, onde a pálida lembrança dos tempos antigos ainda percorre o sangue das pessoas de Winterfell à grande muralha, e Eddard “Ned” Stark mantém rígida educação militar que acompanha seus antepassados desde que eram reis do inverno.

O inverno está chegando” mais do que o lema da família Stark, surge como um presságio na cabeça de Ned ao encontrar e adotar para seus filhos seis filhotes de lobos gigantes, animal supostamente extinto e símbolo de sua casa, no mesmo dia que descobriria que o rei e sua corte viriam lhe fazer uma visita após a morte de Lorde Jon Arryn, antigo amigo e “Mão do Rei”.

Como se os filhotes de lobo tivessem lhes sido predestinados como um escudo do porvir. Robb, Sansa, Arya, Bran, Rickon e o bastardo Jon Snow também vêm sua vida mudar drasticamente com o novo cargo de Mão do Rei, que seu pai recebe de Robert. As cartas do destino levam Bram a sofrer um grave acidente, obrigando-o a ficar com Rickon e Robb, agora no comando, em Winterfell. Já Sansa acredita viver um sonho ao ser prometida a Joffrey Baratheon e segue com Arya e sei pai para a capital Porto Real. Por fim, sem nome ou lugar junto à família Stark, Jon Snow segue com seu lobo Fantasma para proteger a Muralha juramentado na irmandade Guardiões da Noite.

Já na cidade livre de Pentos, além do Mar Estreito e do domínio dos Sete Reinos, encontramos Viserys e Daenerys Targaryen em momento crucial de suas vidas. Buscando recuperar o trono de ferro usurpado por Robert Baratheon de seu pai na guerra que o coroou rei, Viserys arranja através de Magister Illyrio o casamento de sua irmã com o Khal Drogo dos Dothraki, líder de um exército de quarenta mil homens prometidos a Viserys para conquistar os Sete Reinos. Em meio a sua jornada pessoal Daenerys descobre não somente o amor, mas também que a verdadeira força do dragão de Targaryen reside em sí própria.

- A Guerra dos Tronos George RR Martin Editora Leya - A Guerra dos Tronos, de George R.R. MartinEsta é apenas a premissa de “A Guerra dos Tronos“, primeiro livro da série “As Crônicas de Gelo e Fogo” do escritor estadounidense George R.R. Martin, que além de estar sendo lançada no Brasil com muito carinho pela Editora LeYa, se tornou recentemente pela HBO, a maior série já produzida para a televisão.

Como por ironia do destino, G.R.R.M. (como o escritor é conhecido) largou na década de 80 a televisão, onde trabalhava na série A Bela e a Fera e Além da Imaginação para se tornar escritor justamente devido as restrições orçamentárias da TV. Frustrado, o escritor decidiu realizar uma obra complexa envolvendo centenas de personagens, batalhas colossais e criaturas fantásticas de fazer inveja a qualquer obra de fantasia. Seu trabalho em As Crônicas de Gelo e Fogo é tão espetacular que G.R.R.M. chega a ser comparado com J.R.R. Tolkien, mesmo entre os fãs do criador da Terra Média.

Sem dúvidas existe muita influência da obra de Tolkien na série, mas G.R.R.M. têm como diferencial atualizar o gênero de fantasia com recursos trazidos de outros grandes escritores modernos, como a o realismo sujo de Bernard Cornwell. Talvez por influência de Marion Zimmer Bradley em As Brumas de Avalon, G.R.R.M. utiliza diversos narradores ao longo do livro, mas de maneira alternada, para amarrar a história e dar um vislumbre maior do panorama geral que se descortina. Ao longo de A Guerra dos Tronos o leitor acompanha três principais histórias, a intrigas e guerras entre os Stark e os Lannister – a família da rainha Cersei; a perigosa carreira de Jon Snow como Guardião da Noite; e a ascensão de Daenerys nas planícies Dothraki (minha favorita).

É simples realçar as influências do autor ou mesmo da trama, abertamente influênciada pela Guerra das Rosas, mas George R.R. Martin merece todo mérito da obra e do sucesso que vêm obtendo. Apesar de estar somente no primeiro volume de estimados sete (Game of Thrones foi publicado em 1996 e o quinto livro, A Dance With Dragons, será publicado neste ano) posso assegurar que trata-se de uma obra ímpar. Além da história de Westeros, seus personagens, cenários e batalhas serem descritos de maneira clara e minuciosa, as relações interpessoais apresentadas no romance chegam a carne de quem lê, fazendo o leitor a todo momento realmente se irritar ou se apaixonar pelos personagem e seus ideais.

É um livro rico e apaixonante, uma obra memorável que me faz roer as unhas para começar a ler “A Fúria dos Reis“, o segundo volume de “As Crônicas de Gelo e Fogo”.

[xrr rating=5/5]

- comprar no submarino - A Guerra dos Tronos, de George R.R. Martin

alguém opinou!

Deixe sua opinião!

Deixe sua opinião

Avatar Samurai

Publicado por Salvador Camino