Livro traz pesquisa sobre a viagem como descoberta científica | Lançamentos | Revista Ambrosia
em ,

Livro traz pesquisa sobre a viagem como descoberta científica

A Ciência está aí apresentando seus trabalhos, em meio aos devaneios que são notícias diariamente. E para tanto, divulgar é uma chave para o conhecimento, como no caso do livro lançado recentemente Entre razão e fruição: a viagem como descoberta científica”, de Marcelo Fetz, lançado pela Appris.

Livro traz pesquisa sobre a viagem como descoberta científica | Lançamentos | Revista Ambrosia

O livro Entre razão e fruição: a viagem como descoberta científica deixa de lado as grandes descobertas científicas para se concentrar na cultura de viagem e, assim, compreender a cultura científica. Entre viagens heroicas, de peregrinação e de descobrimento, as expedições no mundo moderno não foram apenas comerciais, imperiais e políticas, elas também foram científicas.

As viagens possibilitaram o acúmulo de informações, objetos e artefatos que desafiaram a cultura de conhecimento tradicional: para a sua devida compreensão, uma nova narrativa era necessária. Uma cultura de curiosidades aos poucos deu lugar a uma cultura de precisão.

“Entre razão de fruição” narra a história social da ciência por meio das narrativas de viagem, gênero controverso que uniu objetividade e subjetividade. Neste primeiro livro, a formação do gênero e sua contribuição não apenas para o campo artístico, mas, sobretudo, para o campo científico em formação são analisadas. Por meio de um amplo levantamento, o autor, especialista em estudos sociais da ciência, realiza uma verdadeira expedição pelo conceito de viagem com o objetivo de defender a tese de que a formação da ciência também pode ser buscada fora dos circuitos tradicionalmente científicos. A obra Entre razão e fruição é uma porta de entrada para aqueles que se interessam pela história da ciência e estudiosos das novas formas de entendimento formuladas pelos estudos sociais da ciência.

O autor possui doutorado em Sociologia pela Universidade Estadual de Campinas (2012). Atualmente é professor doutor da Universidade Federal do Espírito Santo. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia do Conhecimento Científico, atuando principalmente nos seguintes temas: ciência – aspectos sociais, literatura de viagem, naturalistas-viajantes, interculturalidade e expedições científicas no século XIX.

Deixe sua opinião

Avatar

Publicação Cadorno Teles