em ,

TopTop

O trauma da guerra em Cherry: Inocência perdida

Publicado pela DarkSide, Cherry: Inocência perdida e com adaptação para o cinema com Tom Holland como o  protagonista da história. O livro é a estreia de Nico Walker e aborda com crueza a violência da guerra, o ambiente nocivo da obsessão bélica dos EUA, a dependência das drogas e os rumos perigosos e autodestrutivos de um protagonista vívido como a realidade.

Nico Walker tinha apenas 20 anos quando foi combater na Ocupação do Iraque (2003–2011). A experiência traumática deixou marcas emocionais profundas e, embora tenha tentado se readaptar à vida normal após voltar aos EUA, uma depressão acabou levando-o a buscar conforto nas drogas. Viciado em heroína e sem grana, ele assaltou dez bancos em quatro meses.

Preso em 2011, recebeu uma sentença de 11 anos. Encorajado a aproveitar o tempo de prisão para se dedicar à leitura e à escrita, Nico Walker concebeu Cherry, seu primeiro romance, enquanto cumpria a pena.

Na obra, o autor combina temas diversos como as cicatrizes provocadas pela guerra, tão difíceis de curar, a angústia de viver com transtornos mentais não diagnosticados e como o vício por drogas pode encaminhar o usuário à completa solidão.

Escrito de forma coloquial e realista, o livro convida o leitor a um mergulho profundo na mente do seu narrador irônico e mordaz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *