em

Sete Lagoas recebe a Literata

A cidade de Sete Lagoas, em Minas Gerais, vai sediar nos dias 17 a 20 de novembro o Literata, evento de literatura, arte e cultura, organizada pela Quarteto Filmes e Via Comunicação, com patrocínio da Iveco. A empresa trás pela primeira vez à cidade a festa literária com a participação de nomes renomados da literatura brasileira. O evento conta com palestras, oficinas, exibição de filmes e outras atividades voltadas à literatura e ao grande homenageado do Literata, o escritor mineiro Guimarães Rosa, autor de Grande Sertão: Veredas. As atividades ocorrem no Centro Cultural Nhô-Quim Drummond, e contam com a presença de escritores como Moacyr Scliar, João Paulo Cuenca e Arnaldo Antunes.

Com curadoria nacional do jornalista e escritor Jorge Fernando dos Santos e local do professor Sérgio Antônio, da UNIFEMM, a festa traz debates sobre a obra do escritor mineiro que escreveu um dos maiores romances da literatura brasileira. Além das mesas e palestras, a Literata abre um espaço para uma feira de livros, exposições fotográficas e apresentações musicais, propondo também o incentivo da leitura através da doação de livros.

As atividades se iniciam no dia 17 de novembro, às 20h com a solenidade de abertura e mostra com exibição do filme Mutum, de Sandra Kogut, inspirada na obra Campo Geral, de Guimarães Rosa.

As mesas de debates começam no dia 18, a partir das 17h, abrindo com dois debates relacionados à obra de Guimarães Rosa, debatendo influências e questões regionais. A primeira é a Mesa Campos Gerais, com mediação de Washington Novaes e participação de Apolo Heringer Lisboa e Jorge Solivéllas Perelló. Em seguida, às 20h, acontece a Mesa Urubuquaquá, com Kiko Ferreira, Wander Melo Miranda e Arnaldo Antunes.

No dia 19, a Mesa Buriti fala sobre regionalidade e universalidade na literatura, com debate entre Moacyr Scliar e João Paulo Cuenca, mediado por Guga Barros. A Mesa Ave, Palavra fecha o dia falando sobre a escrita e oralidade, com Olavo Romano, Alice Ruiz e mediação de Roberto Mendonça.

No último dia da Literata, a Mesa Mingulim se volta para a literatura infantil brasileira com Roger Melo, Nelson Cruz, Selma Maria e Adriano Macedo comandando o debate. Em seguida, tem o evento Sempre Um Papo, com a escritora convidada Marcia Tiburi.

Mas a Literata tem muito mais coisas para se aproveitar. As oficinas são geralmente voltadas à educação, como a Poesia e Música na Sala de Aula, para que proffessores despertem a atenção de alunos para a poesia. Outra é a Ilustração, de Nelson Cruz, vencedor do Jabuti 2010 na categoria Infantojuvenil, para alunos de Sete Lagoas a partir de 12 anos, falando de técnicas de ilustração. Uma das mais interessantes é a Meninos Quietos, que ensina crianças de 6 a 10 anos a criar brinquedos artesanais, que ocorre no Espaço Manuelzão. E ainda tem a oficina de Contação de Histórias.

A Literata ainda tem vários espaços espalhados pelo Centro Cultural com diversas atividades. É só entrar aqui no site para conferir a programação completa. Quem estiver por lá ou pode ir até Sete Lagoas, não tem porque deixar de ir nessa festa da literatura. Incentivos como esse são sempre bem-vindos para difundir o hábito da leitura e o debate sobre a cultura.

Participe com sua opinião!

Navegante

Publicado por Taize Odelli

Está aberta a Rio Comicon

Off Comicon: Hoje! Primeira festa comandada pelo Ambrosia!