em ,

10 colaborações marcantes e raras na carreira do R.E.M

O R.E.M surgiu na Georgia nos EUA em 1980. Rapidamente se tornou a banda queridinha das College Radios, as rádios universitárias americanas e britânicas, que prepararam o terreno nos anos 80 para o estouro do chamado indie rock na década seguinte. Em 1991 com o disco Out of Time, a banda composta por Michael Stipe (vocal), Mike Mills (baixo), Bill Berry (bateria) e Peter Buck (guitarra) se tornou um dos maiores nomes do rock mundial, a reboque do hit Losing My Religion que ocupou o topo das paradas de sucesso do mundo inteiro.

Ao longo dos anos 90 e 2000 eles continuaram fiéis ao seu estilo, apesar de todo o sucesso e não pasteurizaram sua sonoridade para angariar mais fãs. Mantiveram-se na vanguarda, colhendo elogios da crítica e prestígio do público. No meio do percurso perderam Berry, que saiu da banda em 1997 e se afastou da carreira de músico, mas seguiram por mais uns bons anos e bons discos até que em 2011 lançaram o excelente Collapse Into Now e anunciaram o final da banda. O R.E.M deixou um legado de apresentações ao vivo memoráveis, e participações especiais antológicas em seus discos e shows. O site Salon coletou alguns desses momentos marcantes e nós também os lembramos aqui. Confira abaixo

 

Em junho de 1984, Roger McGuinn do The Byrds se juntou à banda em Nova Jersey para um especial da MTV

E o mesmo show contou também com a participação de John Sebastian do Lovin’ Spoonful para executar o clássico da banda dos anos 60 “Do You Believe In Magic?”

Em junho de 2008 houve essa especialíssima participação de Johnny Marr, ex-The Smiths (banda contemporânea do R.E.M, com muitos fãs em comum). Marr acrescentou sua guitarra ao clássico do R.E.M Fall On Me

Essa colaboração não foi ao vivo, mas vale a pena ser lembrada. No álbum Document, a faixa Fireplace contou com o sax de Steven Berlin, que já tocou com várias bandas como Los Lobos e The Blasters

Billy Bragg e Robyn Hitchcock são dois colaboradores recorrentes do R.E.M, mas foi memorável a apresentação em um pequeno clube londrino na semana de lançamento de Out of Time, em março de 1991

No álbum Collapse Into Now, último da banda, houve a participação especial de Eddie Vedder do Pearl Jam na faixa It Happened Today

Don Dixon e Mitch Easter foram a dupla responsável pela produção do debut Murmur e do segundo disco Reckoning. Mas os dois também são ótimos músicos e particparam de um show da banda em Raleigh, North Carolina em 2008

O Radiohead havia sido a banda de abertura da perna europeia da turnê do álbum Monster do R.E.M em 1995, quando o grupo de Oxford lançava seu segundo álbum, o The Bends. Em 1998 no Tibetan Freedom Concert, o R.E.M fazia seu primeiro show sem Bill Berry, mas contou com a participação especialíssima de Tom York

Essa colaboração no cover do clássico do Velvet Underground contou apenas com Michael Stipe, mas vale lembrar esse registro feito pela fotógrafa Laura Levine, com Stipe e Mathew Sweet, seu ex companheiro da banda Community Trolls na guitarra.

Monster foi o disco que surpreendeu a todos, pois trouxe o R.E.M com um som pesadão e cheio de distorções. E ninguém melhor do que Thurston Moore do Sonic Youth, a banda mais barulhenta do planeta, para fazer uma participação especial com um vocal bizarro na faixa “Crush with Eyeliner”

Deixe sua opinião

Avatar

Publicação Cesar Monteiro