em ,

Flávia Ellen celebra o amor e a liberdade com “Flerte”

A cantora mineira Flávia Ellen celebra a liberdade do amor no clipe de “Flerte”. A música, presente no disco de estreia “Desperta”, conta um amor de carnaval e ganhou um registro gravado durante o bloco Truck do Desejo, em Belo Horizonte.

“Reviver sempre o espírito do carnaval como sendo uma manifestação cultural e política. Especialmente o da minha cidade, que surgiu como um carnaval de luta, contra ações municipais que restringiam a ocupação da cidade, que é nossa. Então, o caráter político sempre estará presente no carnaval de BH, e lançar um clipe em um bloco feminino e LGBT+ é um ato político de resistência dessa comunidade, que é a minha”, conta Flávia.

Cantora, compositora e agitadora cultural, Flávia Ellen faz de sua música uma extensão de sua alma e de sua arte, um modo de levantar suas bandeiras e ajudar a criar oportunidades para outras mulheres. Atualmente em turnê com o álbum “Desperta”, ela continua a busca pela auto descoberta descrita no disco. O álbum fala da relação da artista consigo mesma, mas também é um chamamento a todos, em especial às mulheres, para se atentarem às realidades de opressão e desigualdades, e ter empatia pelas diferenças.

“Para mim, se existir uma mulher apenas que se identifica com o que canto, e essa identificação a ajudar de alguma forma, já valeu todo o investimento. Não existe nada mais bonito do que ver uma mulher despertar, se sentir dona de si, se compreender”, explica.

Quase todas as faixas de “Desperta” são baseadas em experiências da própria artista. Incluindo Flerte. “Essa é uma canção autobiográfica, que conta de um flerte de carnaval . Quando pensei em gravar esse clipe, pensei também em fazer algo bonito, delicado, que não fosse literal como a música, mas que passasse toda a delícia que é um flerte”, destaca ela.

Buscando novos espaços para mulheres no mercado musical brasileiro, Flávia Ellen fundou o Coletivo Mulheres Criando, fruto da união da artista com as companheiras Bia Nogueira, Amorina e Deh Mussulini. O grupo foi vencedor do Prêmio Profissionais da Música 2018 na categoria Projeto Cultural Musical. O trabalho visa a tirar da invisibilidade as profissionais que atuam na indústria musical. O resultado de todo esse processo pode ser visto na Mostra Mulheres Criando e na realização do SONORA – Festival Internacional de Compositoras, que já ultrapassa mais de 10 edições realizadas no Brasil e no exterior.

O álbum “Desperta” soma a essa trajetória artística. São 10 composições autorais, com uma sonoridade que mistura pop, blues e MPB. O disco reúne nomes consagrados e de todas as gerações da música mineira, como o saxofonista e compositor Chico Amaral, o produtor musical Richard Neves e a rapper Tamara Franklin. O disco está disponível em todas as plataformas de streaming e o clipe, no canal do YouTube da artista.

 

Opiniões

Participe com sua opinião!

Carregando

0