em ,

Lua faz uma viagem existencial em “Ver e Crer”

Lua abre o coração e embarca em uma jornada interna no clipe do novo single “Ver e Crer”. Com uma lírica afiada e moderna, ela faz um som ao mesmo tempo muito brasileiro e que une pop urbano e hip hop.

“Essa música veio de um modo bem fluido, a partir de um freestyle. Ela é muito pessoal, nela, falo tudo que importa pra mim, que me constrói e o que dou valor. Ver a música tomando forma com a produção musical foi surreal e gratificante”, explica a artista sobre a faixa, que tem produção de Be Ibeas e GUSH.

Criada na Zona Oeste carioca, Lua cresceu em meio aos conceitos de espiritualidade e energia que hoje influenciam sua música como uma verdadeira cigana urbana. Após se apresentar durante o Rock in Rio 2019, no stand da Warner Music Brasil, em parceria com a Mix FM, ela está lançando a carreira com uma série de singles. Recentemente, Lua estreou o compacto digital “Nova”, com as faixas “Resiliência” e “Dali & Kali”, essa última, com beats do renomado produtor Papatinho (Marcelo D2, Criolo, Black Alien, Anitta, Ludmilla).

Vinda de uma família de músicos voltados para o rock, Lua canalizou nos beats a sua inspiração. O lado eletrônico se contrapõe e, ao mesmo tempo, complementa a sua arte plural, com a influência direta de elementos esotéricos e sincréticos trazendo uma constante ligação com o orgânico. São partes de uma mesma criadora. No clipe, imagens de arquivo que mostram a artista ainda criança são linkados a um clima de viagem no tempo em imagens gravadas em Arraial do Cabo, e futurístico, em estúdio.

“Como a música é mais intimista, o clipe acompanha essa ideia. Mostrando os meus laços e inclui vídeos da minha infância como se fossem as coisas que vi na vida, olhando meu passado. Mostrando como o que construímos no passado forma o que somos no futuro”, explica Lua sobre o vídeo dirigido por Ju Colinas.

Deixe sua opinião