em ,

Obra de Rita Lee e Roberto de Carvalho é revista por DJs

Série de três CDs chamada de “Classix Remix” é capitaneado por João Lee, filho do casal, e reúne DJs de vários países fazendo releituras de clássicos da dupla

Rita Lee é uma das mais importantes artistas da nossa música. Sua parceria (musical e pessoal) com Roberto de Carvalho produziu algumas das canções que fazem parte da trilha sonora da vida de muitos brasileiros (com o perdão do clichê).

Agora, em 2021, a obra da dupla ganha remixes eletrônicos no projeto “Classix Remix”, capitaneado por João Lee, filho do casal. Serão três volumes com 37 remixes produzidos por DJs de várias partes do mundo.

— Desde sempre, quando a mixagem de um disco terminava, eu nunca mais queria ouvir. Não suportava o que para mim já era considerado passado. Nessas, esqueci uma grande quantidade de músicas e letras que compus ao longo dos meus 50 anos de estrada. Nunca tive nenhum disco meu em casa — confessa Rita Lee.

O primeiro volume — “João Lee presents: Rita Lee & Roberto – Classix Remix Vol. 1” — chega nas plataformas digitais nesta sexta-feira (9) com 12 faixas e cheio de clássicos.

Uma Rita Lee totalmente repaginada

João Lee (que também é DJ) recrutou companheiros de profissão de vários países para “desconstruir” e criar novas leituras para canções clássicas.

— Fazer esse trabalho é um tesão absurdo. Eu, dos três filhos, sempre fui o menos roqueiro. Tinha um distanciamento musical do repertório de meus pais e, com esse projeto, eu consegui juntar o que sou e o que eles são — conta Beto.

Neste primeiro volume estão canções como “Mania de Você” (em duas versões: Dubdogz & Watzgood, e Harry Romero) , “Cor-de-rosa choque” (Mary Olivetti), “Mutante” (Gui Boratto), “Caso Sério” (DJ Marky) e “Doce vampiro” (Inner Soto).

O resultado é muito interessante e não é difícil se flagrar batendo o pé ou balançando o corpo no ritmo das novas mixagens. Ponto para os DJs!

As novas mixagens destacam elementos muitas vezes escondidas nos mixes originais (solos de guitarra e percussão, por exemplo) e dão uma nova visão para músicas que conhecemos de cor e salteado.

Pelo jeito, está na hora de tirar os móveis da sala e preparar um bailão eletrônico para exercitar o corpo e aliviar a mente nesses tempos tão difíceis.

O volume 2 está previsto para maio e o volume 3 deve ser lançado em junho.

Obra de Rita Lee e Roberto de Carvalho é revista por DJs
3 / 5 Crítico
Avaliação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *