em ,

Vinis arrecadaram mais do que streaming em 2015

O bolachão está mesmo com tudo. Segundo os últimos números divulgados pela RIAA (Recording Industry Association of America), a associação da indústria fonográfica americana, as vendas de vinil nos Estados Unidos fizeram mais dinheiro do que streaming em 2015.
O formato, incluindo até as vendas EP, arrecadou mais do que o montante a partir de publicidade em serviços como o YouTube e Spotify.
No ano passado, as vendas de vinil na América subiram para seu nível mais alto desde 1988, um aumento de 32 por cento para US $ 416 milhões. A receita de transmissão de anúncio em streamings, por sua vez, aumentaram 31 por cento, para US $ 385 milhões.

Em um comunicado, o presidente da RIAA, Cary Sherman, chamou os números de “prova de que algumas distorções de mercado fundamentais estão em jogo”. Sherman disse também que “alguns gigantes da tecnologia têm se enriquecido às custas das pessoas que realmente criam a música.”

Contudo, em declaração ao site The Verge, um porta-voz do YouTube disse que a comparação de coisas totalmente distintas não faz sentido.

Mas cá ente nós, por mais que a música digital seja cômoda e prática, não se compara à magia e o ritual do formato físico, sobretudo o vinil

 

Fonte: NME

Participe com sua opinião!