Ambrosia Música Yhago Sebaz lança clipe "Vou Embora", abordando amores e despedidas

Yhago Sebaz lança clipe "Vou Embora", abordando amores e despedidas

Após se mudar para São Paulo, o cantor e compositor maranhense Yhago Sebaz começou a refletir sobre as coisas que teve de deixar para trás para seguir em busca de seus sonhos e como despedidas são difíceis. Seja de um lugar, uma pessoa amada ou família. Essa dor é o mote de “Vou Embora”, single que chega às plataformas de música digital e ganha clipe.

Yhago nasceu e se criou em São Luís, onde tem uma trajetória artística desde a infância. Cresceu no teatro e na dança e descobriu a paixão pela música durante a adolescência. Em 2014, lançou o albúm “#NegoBeats”, que enaltecia a música negra e trazia elementos da musicalidade maranhense. Atualmente em nova fase da vida após sua mudança, ele trabalha em novas canções com influências do soul, blues e hip hop com uma roupagem pop e urbana, refletindo a negritude sob o olhar de um artista que não esconde o orgulho de ser negro, gay e nordestino.

Isso começou a ficar evidente no single “Em Cima de Mim” e ganha força no novo single. A sonoridade agora se apoia na música negra, trazendo beats de hip hop, trap, Miami bass, zouk, guitarras de blues, reggae e elementos de percussão do samba, funk e ritmos afro. Eles formarão no futuro o EP “Meio Amargo”, com a intenção de aproximar as decepções amorosas e reflexões existenciais das letras com uma sonoridade pop afrofuturista. Isso fica claro em “Vou embora”.

“Essa é uma das minhas canções mais introspectivas, fiz a música assim que me mudei. Foi uma escolha difícil, que veio logo depois de um período muito turbulento na minha vida. Toda essa experiência me fez amadurecer muito em relação aos meus sentimentos, em relação à força que existia em mim, compreender o poder do perdão”, conta Sebaz.

O clipe, dirigido por Beni Ktt, é estrelado por um casal amigo de Yhago que leva para o plano principal momentos simples de amor e carinho de uma relação a dois.  Em contraste com o peso da letra e as imagens de Sebaz, as tomadas apaixonadas ganham sentido de lembranças de uma história que foi feliz um dia, mas chegou ao fim. O vídeo traz também a temática da normatização das relações homoafetivas, tão importante em meio às atuais lutas políticas.

“A capa do single traz a simbologia das borboletas. A borboleta-monarca é um mistério da ciência, pois ela faz uma longa viagem, sem volta. Além disso, a borboleta traz consigo a simbologia da transformação, da evolução”, reflete Yagho. “Talvez uma das maiores dores que podemos sentir é a de abandonar algo que amamos.”

Atualmente em fase de finalização, o EP “Meio-Amargo” conta com produção musical de Memel Nogueira, DJ Alladin, Pupoico, Brunoso e Tainan. “Vou Embora”  já está disponível em todas as plataformas de música digital.

Ficha técnica da música:

Artista principal: Yhago Sebaz

Produtor: Victor Liberino Fernandes dos Anjos –  Pupoico

Compositor:  Yhago Sebaz

Colaboração: Felipe de Carvalho

Ficha técnica do clipe

Diretor: Beni Ktt

Diretor de fotografia: Beni Ktt

Edição e finalização: Beni Ktt

Assist. Direção: Roberta Sampaio

Produção Executiva: Arthur Coelho

Direção de arte: Gabriel Hislla

Assistente de produção: Gabriela Lopes

Elenco: Cristiane Limena e Ana Luíza Rodrigues

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Novidades

Binarious une trip hop, indie folk e experimental em EP que aborda aflições contemporâneas

O duo brasiliense Binarious reflete o mundo ao seu redor com melancolia, urgência e um olhar contemporâneo no EP de estreia do projeto. Já...

Cantando abertamente o sexo e o amor carnal, MAYA lança lyric vídeo para o indie pop sensual “Set The Mood”

Caminhando entre o R&B e o indie pop, MAYA canta abertamente o sexo e os prazeres em “Set The Mood”, faixa que compõe o...
video

Annabelle 3 – Confira a experiência 360 graus do cenário

AVISO: não toque em nada! Explore a sala de artefatos dos Warren nessa experiência 360º de Annabelle 3. O filme estreia em 27 de...

Morre o diretor italiano Franco Zeffirelli

Faleceu nesse sábado (15/06) o cineasta italiano Franco Zeffirelli, aos 96 anos. Zeffirelli foi o último da geração de diretores italianos que emergiram logo...