em , ,

Neil Gaiman abre a CCXP Worlds com lembranças do Brasil

A CCXP Worlds, edição digital da CCXP, abriu os trabalhos com o convidado de honra do evento: Neil Gaiman. O lendário escritor, autor de obras como Sandman, Stardust e Coraline lembrou de seus momentos no Brasil e a influência do país no sucesso de Sandman.

Naquela época (1989), a DC Comics me enviava as edições estrangeiras dos meus quadrinhos à medida que eles eram lançados”, lembra o autor, que se mostrou impressionado com a versão lançada no Brasil. “As edições brasileiras eram melhores que as norte-americanas, elas tinham versões mais detalhadas das artes ao invés de anúncios na contracapa, artigos explicando e expandindo [a história] no interior”. contou Gaiman ao apresentador Marcelo Forlani.

O escritor, que esteve aqui pela primeira vez em 1998 se divertiu ao se lembrar da sessão de autógrafos da livraria FNAC, em Pinheiros, em São Paulo. “Foi inesquecível, eu dei autógrafo para cerca de 700 pessoas e ainda tinham por volta de 500 na fila”, lembrou Gaiman. Ele lembra da ameaça de vandalismo por parte do público revoltado por ficar de fora, o que convenceu a equipe da livraria a continuar com a sessão até o último fã. “Eu assinei para todo mundo e como eu não tinha voz, eu não podia falar com ninguém, o que significou que eu tive que abraçar muitas pessoas”.

A CCXP Worlds acontece nos dias 4, 5 e 6 de dezembro em formato digital, por meio de cinco streamings simultâneos. Para ter acesso à maioria dos conteúdos do festival, é necessário preencher um cadastro. o evento também vende pacotes e produtos licenciados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *