em , ,

O webtoon “True Beauty” de Yaongyi

O webtoon “True Beauty” de Yaongyi | Críticas | Revista Ambrosia

A história da menina feia que com um vestuário certo e maquiagem encontra uma maneira melhor para se expressar, consegue melhorar de vida e até o amor verdadeiro conquista é um grande clássico do romance. E é também a premissa por trás de True Beauty da autora sul-coreana Yaongyi , o webtoon que com seus 7 milhões de assinantes é atualmente o maior sucesso da principal plataforma online dedicada a esse tipo de quadrinho.

Narrativa

Alvo favorito dos valentões de classe, Jugyeong está convencida que quer uma vida social normal – e sentimental – e deve fazer algo sobre sua aparência. Aconselhada em um fórum, passa a assistir tutoriais de maquiagem, descobrindo que tem um certo talento. E de fato ao entrar na nova escola ela fica irreconhecível: apontada por todos como uma das alunas mais bonitas, e em pouco tempo se torna popular, ganha milhares de seguidores nas redes sociais e faz novos amigos.

O webtoon “True Beauty” de Yaongyi | Críticas | Revista Ambrosia

No entanto, os problemas para Jugyeong não acabaram, muito pelo contrário. Sua imagem externa é tão construída e distante de seu cotidiano real que a faz se sentir ainda mais distante, e sempre que, para tirar férias daquela perfeição que não lhe pertence, ela decide sair sem maquiagem, tem pavor de ser desmascarada.

E, de fato, alguém descobre seu segredo. Suho, que acaba de chegar do Japão que compartilha com ela a paixão por mangás de terror e que começa a se interessar por ela. As coisas complicam quando Jugyeong acaba se aproximando de Seojun, um aspirante a ídolo que odeia Suho, em especial por algo que fez no passado.

Por mais que Jugyeong continue se sentindo feia e insegura, ela logo ocupa os corações e pensamentos dos dois meninos, tecendo com eles um vínculo muito mais profundo do que uma simples amizade, vínculo que se fortalecerá na transição da adolescência para a vida adulta.

Análise

O webtoon “True Beauty” de Yaongyi | Críticas | Revista Ambrosia

True Beauty é um romance que joga de forma totalmente casta com o clichê do triângulo amoroso, sem expor o tema em torno do qual gira, ou seja, desenvolve uma história que mostra como é fácil transformar amizade em amor e como é difícil, para não dizer impossível, fazer o inverso.

Ao longo dos mais de 180 episódios publicados até agora, Jugyeong, Suho e Seojun crescem para chegar os vinte anos prontos para entrar na vida adulta. Mas na verdade eles não amadurecem na dinâmica de seus relacionamentos e, ao compartilharem fortes experiências, permanecem cristalizados na busca de suas respectivas obsessões.

Em particular, a protagonista permanece aprisionada em seu complexo de inferioridade em relação ao mundo e, ao mesmo tempo em que mostra um caráter generoso ao longo do tempo, sempre aparece à mercê dos acontecimentos e sentimentos (dos outros, sobretudo) e quase nunca no controle de si. A esses elementos soma-se também a bidimensionalidade dos personagens secundários, que parecem aparecer apenas quando são funcionais para dar novas ideias à narrativa e que, se negativos, estão destinados à redenção total ou a um justo castigo.

Yaongyi e seus personagens

Do ambiente escolar ao mundo dos ídolos e influenciadores, onde profissionais muito jovens que renunciam contratualmente a ter uma vida privada ou se cercam de amizades falsas e inúteis quando necessário, desmaiam de muito trabalho ou sofrem com a ideia do suicídio e ainda assim, permanecem como VIPs.

O webtoon “True Beauty” de Yaongyi | Críticas | Revista Ambrosia

É talvez a partir desse recorte social e cultural tão brutal (e que certamente não transmite a ideia da complexidade da cidade real em que a série se passa, Seul) que o webtoon encara o tema da beleza. Tema que toca a autora de perto, já que, antes de ser cartunista, trabalhou como modelo, passou por pequenos ajustes cirúrgicos e também ficou famosa como influenciadora.

Temos a artificialidade, aprimorada por filtros fotográficos e com lentes de contato coloridas e adesivas que dão às pálpebras uma forma mais ocidental: um ideal de beleza impossível de corporificar na realidade desde o início, mas que está lá não há como questioná-lo, muito menos repensá-lo.

O estilo de ilustrar

Para o estilo webtoon, Yaongyi acomoda os ritmos frenéticos de produção dos episódios semanais, no formato usual, em que a leitura ocorre por meio do scroll da tela do smartphone, a sequência narrativa inclui desenhos em formato regular (com balões fora do quadro) alternados com imagens mais longas que exigem mais de um scroll.

Os cenários são rápidos, enquanto as figuras são representadas em alguns planos recorrentes, principalmente em primeiro plano ou de corpo inteiro em posição frontal, em poses que lembram as de modelos.

O webtoon “True Beauty” de Yaongyi | Críticas | Revista Ambrosia

Como tudo que passa por um smartphone é parte integrante da vida cotidiana que True Beauty quer contar, a sequência narrativa se completa com trechos de chats, conversas em fóruns, comentários em postagens sociais, sequências explicativas de maquiagem, selfies, fotos de foodporn, frames de programas de televisão ou vídeo ao vivo, capturas de tela de videochamadas. Na prática, Yaongyi consegue criar um tipo de narração que parece ser completamente contígua aos demais conteúdos que, como os webtoons, são acessíveis pelo smartphone .

Ler True Beauty é, em suma, uma experiência diferente. Por um lado, nos leva a nos perguntar como uma série com uma narrativa repetitiva pode reunir um público tão vasto sem entediá-lo (e até ganhar uma adaptação para uma série de TV live-action). Por outro lado, leva-nos a uma conclusão: a zona de conforto narrativa criada por Yaongyi talvez nada mais seja do que o equivalente daquele paraíso artificial projetado nas redes sociais, feito de esplendor contínuo e repetição grotesca e no qual todos gostariam de se perder no momento em que pressionamos a tecla seguir.

Nota: Bom – 3 de 5 estrelas

O webtoon “True Beauty” de Yaongyi
3 / 5 Crítico
Avaliação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

#Lançamento'22 Circuito Ambrosia