em

Salon, pela Desiderata

capa_salonImagino que todos os brasileiros já conheçam, tenham comprado algo ou pelo menos ouvido falar da Pixel, que publica (ou publicava) muitos quadrinhos baratos e de boa qualidade. O que nem todos sabem é que a Pixel é apenas um dos selos da Ediouro dedicados a publicar a mídia das hqs, outro é a Desiderata, que nunca havia produzido material que não quadrinhos nacionais.

Agora a editora parece estar abrindo seus horizontes e entrando no mundo das graphic novels internacionais. Essa notícia já poderia ser esperada para uma editora que deseja crescer, o surpreendente foi o título escolhido para a inauguração: Salon, de Nick Bertozzi. Um quadrinho americano, alternativo e pouco conhecido. A história é enfocada nos clássicos noir investigativos e, portanto, o assunto central é a investigação uma seqüência de mortes misteriosas. Mas, obviamente, não são mortes comuns. Tendo a Paris (mais especificamente, o reduto artístico Montmartre) de 1907 como plano de fundo, diversos artistas modernistas são vitimas de uma figura azul, estilo Gauguin.

Mas se a louca trama ou as referências artísticas não forem o suficiente para atrair a atenção do público, Bertozzi também desenvolve um traço inspirado no movimento modernista, especialmente com o surgimento do cubismo. E, inserindo em sua história uma bebida alcoólica exótica, o absinto azul, ele ainda promove um efeito similar ao entrar em quadro da época.

A estranha trama tem ao todo 188 páginas e custará R$ 39,90. Desta editora, apenas conheço a revista Mesmo Delivery, de Rafael Grampá, portanto não posso dar dicas sobre o que esperar da obra, mas se Salon receber uma dedicação similar ao do brasileiro, a qualidade do trabalho estará da altura do preço.

picasso_salon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

2 Comments

Street Fighter

Publicado por Diana

VerificadoEscritorGamerColecionadorGibizeiroSuper-fãs

Trailer interativo de Watchmen

Geist ganha título completo