"Vingadores: A Cruzada das Crianças" - conheça a HQ proibida na Bienal | Quadrinhos | Revista Ambrosia
em

“Vingadores: A Cruzada das Crianças” – conheça a HQ proibida na Bienal

Nos últimos dias houve uma grande polêmica durante a Bienal do Livro no Rio de janeiro por conta da ordem do prefeito Marcelo Crivella de recolher as HQs de “Vingadores: A Cruzada das Crianças”, que traz em suas páginas um beijo homossexual. Apesar de a Bienal do Livro ter conseguido um mandato preventivo ontem (sexta-feira, dia 6), o presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, desembargador Cláudio de Mello Tavares, acatou nesse sábado (dia 7) o recurso da prefeitura, cassando a decisão anterior que proibia a busca e apreensão das obras não lacradas e sinalizadas sobre o seu conteúdo. Agora fiscais estão autorizados a recolher a obra da Marvel se estiver sendo vendida na feira.

Em meio a toda essa celeuma, a HQ ganhou bastante popularidade, inclusive teve todos os exemplares esgotados na Bienal. Publicada entre setembro de 2010 e maio de 2012, a saga de nove edições foi escrita por Allan Heinberg, com arte de Jim Cheung e os ilustradores Mark Morales e Justin Ponsor.

"Vingadores: A Cruzada das Crianças" - conheça a HQ proibida na Bienal | Quadrinhos | Revista Ambrosia

Primeiro é preciso saber que a trama é protagonizada pelos Jovens Vingadores, que são, a princípio, uma espécie de grupo de fanboys dos Vingadores, que resolvem bancar os heróis. A equipe é composta pelo Rapaz de Ferro, fundador da equipe,e que deixou o grupo para se tornar Kang, O Conquistador, que recrutou Billy/Wiccan, supostamente filho da Feiticeira Escarlate (que tem poderes quase ilimitados como teletransporte e feitiços, iguais a ela), o Patriota e Teddy Altman, o Hulkling (cujos poderes o fazem um metamorfo super forte, daí a alcunha que remete ao Gigante de Esmeralda).

Billy e Teddy são o casal foco de toda a polêmica na Bienal. É nessa série que é mostrado o primeiro beijo dos dois. O detalhe é que nos quadrinhos, quando Billy revela sua orientação sexual para os pais, esses recebem com naturalidade e se dizem felizes pelo filho. Em nenhum momento aparece a palavra homossexualidade.

"Vingadores: A Cruzada das Crianças" - conheça a HQ proibida na Bienal | Quadrinhos | Revista Ambrosia

 

Com o desenrolar dos capítulos dos quadrinhos, entre crossovers e edições extras, ficamos sabendo que Teddy na verdade é Dorrek VIII, um híbrido de Skrulls com Kree (No caso, ele é filho do conhecido Capitão Mar-Vell).

A história de “A Cruzada das Crianças” começa depois do fim dos vingadores, após a Feiticeira Escarlate destruir a mansão da equipe, matar seu marido Visão, e outras coisas que podem ser vistas no período de “A Queda” da série original que gera o evento “Dinastia M” de X-Men. Daí, os jovens resolvem ocupar a lacuna. Durante o embate entre os Jovens Vingadores e a Sociedade da Serpente (grupo de vilões do Capitão América que foi ganhando viés extremista, perseguindo minorias), os poderes de Billy de alterar a realidade começam a sair de seu controle, causando danos, e ele decide encontrar a única pessoa que pode ajudá-lo – a Feiticeira Escarlate, a mulher que supostamente é sua mãe. Mas, quando ele embarca nessa missão, ele se vê enfrentando os Vingadores, X-Men, e até mesmo seus colegas de equipe. Nessa busca reencontrará amigos perdidos e os lançará contra inimigos que não têm esperança de derrotar; ele os encontrará fugindo dos Vingadores e alinhado com Magneto, que vem a ser pai da Feiticeira Escarlate. A história é toda é contada da perspectiva de Billy/Wiccan. O mote é a busca também por identificação.

"Vingadores: A Cruzada das Crianças" - conheça a HQ proibida na Bienal | Quadrinhos | Revista Ambrosia

Antes do anúncio das próximas produções da Marvel Studios os fãs acreditavam que os Jovens Vingadores seriam o novo passo, em substituição da antiga equipe. Por enquanto não há planos para a equipe no cinema, pelo menos não com um filme para si.

Deixe sua opinião

Avatar

Publicação Cesar Monteiro