em

Cosmic Patrol – Novo RPG de ficção científica retrofuturista com foguetes e pistolas de raios

Se você é jogador de RPG e não conhece a editora Catalyst Game Labs vale lembrar que dessa editora sairam grandes jogos como Eclipse Phase (hoje desvinculado da editora e sendo produzido independentemente pelo Posthuman Studios) e a versão atual do clássico RPG cyberpunk ShadowRun.  A empresa que andou passando por uma séria crise financeira vem oferecer aos jogadores algo pelo visto diferente segundo o game designer Randall N. Bills. Nas palavras do autor, após a empresa nos ultimos 3 anos ter produzido 3 grandes RPGs (“grande” relacionado nesse caso a quantidade de material e não exatamente qualidade) eles resolveram não lançar um RPG na mesma proporção e sim algo muito mais próximo do que os jogos independentes de RPG andam oferecendo que é algo em formato menor, mais barato, com regras leves que oferecem bastante liberdade de jogo. E o nome desse RPG que irá carregar toda essa proposta se chamará Cosmic Patrol (Patrulha Cósmica).

Cometarian

Segundo Randall, Cosmic Patrol surgiu da idéia do designer gráfico da Catalyst Game Labs, Matt Heerdt, que desafiou os autores com uma imagem e alguns parágrafos contendo alguns conceitos do que seria o jogo. Para ele, é possível resumir o jogo como o encontro entre Bucky Rogers e Flash Gordon, porém em um cenário novo, um com foguetes e e pistolas de raios atômicos! Para quem não conhece as referências e personagens citados, Cosmic Patrol será um RPG que homenageia as histórias de ficção cientifica de 1930 a 1960, a conhecida Era de ouro do gênero.

Na descrição do jogo, os personagens são patrulheiros (patrolmen), a primeira e ultima linha de defesa contra os perigos escondidos no espaço em um mundo futurístico baseado nas concepções da Ficção Cientifica Pulp, um retro futuro. Viajando pelo espaço a bordo de um foguete e pistolas de raios atômicos na cintura, eles exploram, descobrem e defendem os interesses da humanidade lidando regularmente com o desconhecido.  Um dos diferenciais de Cosmic Patrol vem na descrição presente no site oficial sobre o jogo, essa que aproxima ainda mais – não só na forma de publicação – o jogo de publicações indies. Segundo o texto, Cosmic Patrol é narrativo, é fácil de aprender e permite que os jogadores tenham controle de seus personagens e também do enredo. Isso comprova que esse RPG é realmente uma experiência diferente dentro do que normalmente a empresa andou criando.

Robô Venusiano

Segundo promessas no blog em seu post de apresentação, cada vez mais detalhes serão apresentados semanalmente no blog do jogo, assim como ilustrações de forma similar ao que aconteceu com o jogo anterior Leviathans. Para os curiosos, o blog já tem uma série de posts falando sobre o gênero e sobre algumas idéias que devem ter inspirado os criadores e uma galeria contendo 3 imagens em preto e branco aonde duas já ilustram este texto. Posso estar muito enganado, mas acho que no próximo ano a Catalyst Game Labs pode concorrer a algum prêmio com seu Cosmic Patrol. Agora é só acompanhar a produção do jogo e embarcar nessa viagem.

Site do Jogo: http://www.cosmicpatrol.com/

Facebook: http://www.facebook.com/pages/Cosmic-Patrol/168363896556894

Publicado por Phil Souza

Estudante de tecnologia e criador de jogos de RPG, vai publicar em 2013 junto a editora Secular Games o RPG que simula filmes de horror Maldita Criatura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários