em

Vencedores do Prêmio Origins

Ken Hite com o merecido prêmio, pena que não foi de Melhor RPG
Ken Hite com o merecido prêmio, pena que não foi de Melhor RPG

Em uma nota ligeira a lista dos vencedores do prêmio Origins e alguns comentários entre os prêmios pertinentes.

Primeiramente devo dizer que não gosto muito do Origins, raramente os RPGs nomeados pelo mesmo realmente me soam como os melhores de seu período. Na verdade acho que posso dizer que nunca me empolguei tanto com essa premiação, ao contrário do sempre esclarecedor prêmio Indie e o (muitas vezes) interessante prêmio Ennie, ambos da GenCon (confira o prêmio passado). Vale citar que no dia 10 de Julho, tem início o processo de voto do público para o mesmo.

Colocarei no artigo apenas as categorias pertinentes ao RPG (o resto da premiação você confere aqui).

Não-Ficção

KOBOLD Guide to Game Design, Vol. 1.  Por Wolfgang Baur, Nicolas Logue (Open Design)

Lost Leaves From the Inn of the Last Home. Por Margaret Weis (Margaret Weis Productions)

No Quarter Magazine. Por Nathan Letsinger (Privateer Press)

Things We Think About Games.  Por Will Hindmarch & Jeff Tidball (Gameplaywright Press)

Tour de Lovecraft: the Tale. Por Ken Hite (Atomic Overmind Press)

Vencedor: Tour de Lovecraft: The Tale

Prêmio mais que merecido, o livrinho de Kenneth Hite é excelente. Desde o lançamento de Trail of Cthulhu o cara mostrou ao mundo que é um dos melhores escritores sobre a obra de Lovecraft. Meu xará, o Shingo Wanatabe (não, não me chamo essa coisa estranha, é que o nome dele é Felipe) comentou no Paragons sobre os demais concorrentes: “Comentário: Vale a pena mencionar alguns candidatos que não foram vencedores desta categoria: Kobold Guide to the Game Design reune as melhores matérias sobre design de jogos publicadas na Revista Kobold Quartely. Lost Leaves From the Inn of the Last Home fornece várias informações sobre o mundo de Dragonlance que não são ligadas ao jogo e sim aos romances, e por último a revista No Quarter com material de campanha para os Reinos de Ferro, vale lembrar que a revista é publicada pela Jambo aqui no Brasil com o nome de Sem Trégua”

Role-Playing Game Supplements

Buccaneers of Freeport (Green Ronin Publishing)

Forgotten Realms Campaign Guide (Wizards of the Coast)

Hero Lab (Lone Wolf Development)

Serenity Adventures (Margaret Weis Productions)

Star Wars: Knights of the Old Republic (Wizards of the Coast)

Vencedor: Serenity Adventures

Aqui uma surpresa, a aventura para Serenity??? Olha, eu curti muito a série e etc, cheguei até a ficar tentado em comprar esse RPG, mas me soou uma escolha estranha. O mais engraçado é pensar que ele venceu um suplemento do Star Wars Saga, como nerd confesso, Joss Whedon sempre tratou o seu Firefly como seu ponto de vista de uma coisa que ele ama, no caso Star Wars. É como uma eterna aventura do Han Solo com uma equipe maior de companheiros. Será que o Lucas estava certo e de fato o discípulo vence o mestre?

Role-Playing Games

Dungeons & Dragons 4th Edition Players Handbook (Wizards of the Coast)

Mouseguard Role-Playing (Game Archaia Studios Press)

Trail of Cthulhu (Pelgrane Press Ltd)

Vencedor:Mouseguard

Não posso garantir que esse prêmio não foi justo, mas certamente foi engraçado. Vai rolar muito choro e discussão pelo fato de D&D quarta edição tenha perdido para o minúsculo jogo de ratinhos medievais. Injustiça para mim, foi com o melhor RPG de 2008 de muito, muito longe: Trail of Cthulhu, mas pelo menos o Ken Hite garantiu um Origin para ele. Ainda sim, todo mundo que jogou Mouseguard ou leu as HQs confirmou sim que ele é tudo isso que andam dizendo, e que seria uma sacanagem algo tão legal e inovador perder para mais uma edição do já consagrado D&D.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 Comentários

  1. Olha só o Felipe revelando o meu nome verdadeiro.

    Felipe, o Tour De Lovecraft fala sobre oq??

    Eu gosto do Origins pq geralmente ele nomeia RPGS de otima qualidade mas nao tão famosos, que não chegam a ser indies.

    O Serenity e o Mouse Guard foram as surpresas, os fanboys da 4 e devem estar mordidos. Ja estava com vontade de ver este jogo, com criticas muito positivas, agora eu tenho q dar uma olhada nele

    • Claro, nós Felipes vamos conquistar o mundo do RPG..

      Enfim, como estou com preguiça:
      “Kenneth Hite has spent decades reading and re-reading Lovecraft and his heirs, slipping through their forests of verbiage to discover the solid literary ground beneath. With his game designer’s eye for structure and connection, in this book he reveals the threads and themes that run throughout Lovecraft’s masterpieces. The Tour de Lovecraft alternately ambles and careens through all fifty-one of the Master’s horror tales in chronological order from “The Tomb” to “The Haunter of the Dark,” offering cheerful opinion, incisive literary criticism, playful speculation, and the occasional unhinged rant. It’s a response to Lovecraft, and to his occasionally humorless critics, that offers you Edmund Burke’s Gothic perspective on Cthulhu side-by-side with “The Haunter of the Dark” considered as Grail quest.”