em

Bill Melendez nos deixou

Morreu aos 91 anos de idade o pioneiro da animação Bill Melendez. Ele começou sua carreira nos estúdios da Disney como desenhista e animador de filmes como Pinocchio, Fantasia, Bambi, Dumbo e desenhos antigos de Mickey e Donald.

Alguns anos depois, mudou-se para a Warner, onde trabalhou em desenhos do Pernalonga, Gaguinho e Patolino. Em 1948 ele deixou a Warner e trabalhou uma década e meia para três empresas de comerciais: United Productions of America (UPA), Playhouse Pictures e John Sutherland Productions. Foi na UPA que ele teve seu grande salto profissional.

Em 1959, a Ford queria usar o personagem de Charlie Brown em um de seus comerciais. Melendez o animou e apresentou a animação a Charles Schulz, criador do personagem. Daí em diante uma parceria e amizade surgiu entre os dois, dando vida a 63 desenhos de meia hora, 5 de uma hora, 4 filmes e mais de 372 comerciais de televisão.

O primeiro desenho que ele dirigiu foi o especial de Natal de Charlie Brown e somente ele tinha a permissão de Schulz para desenhar e animar os episódios de Charlie Brown e sua turma. Além disso, Melendez era o único dublador adulto dos desenhos, sendo ele que dava vida à voz de Snoopy, que em seus grunhidos e lamentos falava mais que todos os adultos presentes e seus blá, blá, blás.

Ele deixa esposa, filhos, netos e bisnetos.

J.R. Dib

Avatar

Publicado por J.R. Dib

A cultura, o cinema, a arte, a justiça e a literatura unidas em prol de uma melhor sociedade. Advogar, viver e difundir cultura e aprender a cada dia mais, buscando novos desafios e descobrindo a beleza e a doçura de cada objetivo como Advogado, Editor e Colunista.