Ambrosia TV "Hostages" é a melhor estreia da temporada

“Hostages” é a melhor estreia da temporada

É sempre difícil decidir qual novo seriado assistir. São tantas opções que por vezes ficamos perdidos. Principalmente quando já se acompanha algumas séries, dificultando mais ainda a tarefa de conseguir encaixar algo novo em nossa “grade”. Não que seja impossível de se fazer, mas no caso de “Hostages”, certamente merece o esforço.

hostages4

A Dra. Ellen Sanders (Toni Collette) é uma prestigiada cirurgiã que está ganhando a atenção da mídia por conta de um de seus pacientes, ninguém menos que o presidente dos Estados Unidos. O procedimento que ela deverá realizar é bem simples, mas como toda cirurgia, existem alguns riscos. Mas, nenhum risco é maior do que aquele que será infligido em sua família. Ellen decide chegar cedo para fazer o jantar e passar tempo com sua família. Seu marido, Brian (Tate Donovan) diz que o filho deles, Jake (Mateus Ward) se meteu em confusão na escola, enquanto lá em cima no quarto, sua filha Morgan (Quinn Shepard) lida com um típico problema com o namorado. O que nenhum deles sabe, é que a casa está sendo vigiada e existem câmeras e microfones instalados, além de uma equipe vigiando do lado de fora. Não demora muito, a casa deles é invadida e o Agente Carlisle (Dylan McDermott) rende a todos. Ellen nada entende, mas ele logo faz questão de explicar: o presidente não poderá sobreviver a cirurgia. Ou ela faz isso, ou ele irá matar sua família.

hostages3

Quando o primeiro episódio termina, ficamos nos perguntando o que irá acontecer a seguir. Todo o clima de suspense e intriga só serve para alimentar ainda mais essa curiosidade, sem contar na brilhante atuação do elenco. A trama remete a muitos filmes já vistos por aí, talvez por isso não seja assim uma grande novidade. O novo aqui é o formato que eles decidiram contar a história, pois teria sido muito mais dinâmico desenvolvê-la em um filme de noventa minutos. Mas, não daria para explorar mais os motivos de todos aqueles que estão envolvidos. E é essa a grande jogada em “Hostages”, ir mais a fundo nessas razões, conhecer os mistérios e segredos dos personagens e ver como eles vão se relacionar ao longo da série. Em apenas três episódios lançados, já deu para ver que empatias foram criadas e que toda ação leva a uma reação, nem sempre aquela que esperamos.

A série foi criada pelo israelense Rotem Shamir, que também é responsável pelo roteiro e conta com a produção executiva de ninguém menos que Jerry Bruckheimer, que produz outros seriados como CSI, The Amazing Race e também alguns filmes de ação e aventura bem conhecidos. A dúvida fica em relação a duração do seriado. Não tem como ter mais de uma temporada sem criar buracos no roteiro, alterando assim a natureza de alguns personagens e seus propósitos. De qualquer forma, é uma boa pedida para quem curte o gênero.

Estreou em 30 de Setembro no canal a cabo Warner.

Participe com sua opinião

Por favor preencha o comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

próxima publicação