em

Primeiras Impressões: How to Get Away With Murder 3ª Temporada

How to Get Away With Murder é uma série cuja força está na interpretação da sua protagonista Annalise Keating, interpretada por Viola Davis, vencedora do Emmy de melhor atriz de 2015. A entrega da sua performance é o que ainda mantem a série interessante. Infelizmente, a fórmula começa a se desgastar.

Na primeira temporada, em que a professora de direito e advogada de defesa e seus estagiários tentam se proteger de um assassinato que eles cometeram, havia uma boa sacada de como os personagens iam interagindo entre si e respondendo às situações criadas, dando uma boa dinâmica na série. Só que a formula, repetida na segunda temporada, começa a perder o gás, e a maneira como os estudantes reagem já parecem forçadas e já não são mais críveis. E, aparentemente, a formula será mantida nessa temporada.

HOW TO GET AWAY WITH MURDER - "We're Good People Now" - With Wallace Mahoney's murder unsolved and Frank's whereabouts unknown, the "Keating 5" struggle to move on with their lives as they enter into their second year of law school. Meanwhile, Annalise's reputation at Middleton University is on the line, so she creates a criminal law clinic where the students will compete to try their own pro bono cases. Annalise also wrestles with a decision involving Frank that could change everything, on the highly anticipated season premiere of "How to Get Away with Murder," THURSDAY, SEPTEMBER 22 (10:00-11:00 p.m. EDT), on the ABC Television Network. (ABC/Mitch Haaseth) AJA NAOMI KING, ALFRED ENOCH, KARLA SOUZA, MATT MCGORRY, JACK FALAHEE

Um outro problema da série são as relações amorosas entre os personagens. A relação da personagem de Annalise com o policial Nate (Billy Brown) é muito sem sentindo, por tudo o que ela já fez com ele. Parece que o personagem não tem evolução durante o passar do tempo e aceita tudo o que acontece. Além disso, os estudantes vivem de ter relações entre eles, sem que o telespectador consiga entender o motivo de eles se aproximarem, lembrando muito mais séries adolescentes da CW ou mesmo novelas mexicanas. A torcida é para que a série tenha uma mudança na sua estrutura, pois fica um verdadeiro desperdício o uso de uma atriz como Viola em uma série que parece estar perdendo seu vigor.

Deixe sua opinião

Na onda dos remakes, relembre 12 célebres refilmagens

Luke Cage: O Blaxploitation da Marvel/Netflix