em

Adeus Marilyn Chambers

Os punheteiros de plantão sabem de quem se trata. Marilyn Chambers foi a primeira grande atriz pornô da história, não só por suas “atuações” fantásticas, mas pela sua beleza incomparável e variedade de mídias na qual participou.

marilyn-chambers

Além de seus filmes pornôs, a atriz foi a estrela do filme “Coma Profundo” (Rabid – 1977) do diretor David Cronenberg e foi garota propaganda de uma linha de sabão em pó. De qualquer forma, sem querer desviar o assunto, a única e principal razão pela qual estou reportando a morte da atriz é por causa de sua carreira no pornô e como ela era vista como uma daquelas mulheres que criaram suas próprias produtoras de filmes pornôs, lutando por uma igualdade que até hoje se vê ausente na indústria.

A atriz, dona da produtora Damaged, tinha em sua lista de filmes, clássicos dos filmes pornôs como “Behind The Green Door” e “Insatiable”, tendo feito, além destes, vários outros filmes não pornôs, mas de qualidade duvidosa, porém, ela, sempre se sobressaia na tela, não só por sua beleza cativante, mas também, por, querendo acreditar ou não, por sua atuação, que, dadas as circunstâncias, era muito melhor do que a média que se via e se vê até hoje.

A atriz foi encontrada morta em seu trailer, aos 57 anos de idade, por sua filha. Ainda não se sabe qual foi a causa da morte. Os punheteiros choram essa perda, não pelo que ela fazia hoje em dia, mas pela sua história e pelos grandes clássicos que fizeram parte da juventude de muitos que vagam pela internet.

J.R. Dib

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um comentário