em

“Casa dos Sonhos” é insuportável para elenco, direção e possíveis espectadores…

Quando os bastidores de um filme começam a gerar notinhas em publicações especializadas acerca de desentendimentos entre produtores, diretor e elenco é porque a coisa muito provavelmente não resultará nada bem. Quando os próprios protagonistas se recusam a promover o lançamento do filme então, é porque é bomba na certa.

Foi com essa hesitação em mente que entrei no cinema para assistir Casa dos Sonhos, mesmo com um pontinho (mínimo) de esperança na carreira do diretor, o interessante Jim Sheridan, dos notáveis filmes Em Nome do Pai e Meu Pé Esquerdo. Lamentavelmente minhas expectativas se confirmaram: o filme é um desastre. Maior ainda se contarmos que tem um elenco de primeira.

Na trama, Daniel Craig interpreta um executivo bem-sucedido da área editorial que larga o emprego em Nova York e se muda, com a esposa (Rachel Weisz) e as duas filhas, para uma “casa dos sonhos” numa cidadezinha do Estado de Connecticut. No entanto, não demora para que eles descubram que sua casa foi cenário do assassinato brutal, muito conhecido na região e de implicações iminentes para algumas pessoas próximas.

Com desastrado roteiro de David Loucka (que já escreveu porcarias como O Amigo Oculto, mas se defendeu bem no ótimo A Ilha do Medo), o filme é cheio de pontas soltas, apresenta primários problemas de legitimidade e, antes de sua ridícula conclusão, já apresenta uma falta de sentido sem tamanho. Talvez seja até pela tal briga entre o estúdio e o diretor (parece que divergiam sobre a montagem do filme), mas ainda assim, o ponto de partida da trama já é digno de “framboesa de ouro”.

Craig e Rachel parecem perdidos em meio a tanto equívoco. Isso sem contar a participação infeliz de Naomi Watts. Para piorar ainda somos torturados pelo oportunista uso dos sustos fáceis e das reviravoltas banais. Ou seja, é o tipo de filme que se você não sai correndo da sessão antes do fim, é tomado pela mesma ira que o elenco sentiu ao participar do infundado projeto. Passe longe.

[xrr rating=0.5/5]

4 opinaram!

Deixe sua opinião!

Participe com sua opinião!