“O Casamento do Ano” diverge entre ter grande elenco e um roteiro frívolo

Ambrosia Filmes "O Casamento do Ano" diverge entre ter grande elenco e um roteiro frívolo

Muitas vezes, em Hollywood, o que vende certos filmes são nomes. O público quer o que já está acostumado; assistir grandes astros na telona. Seguindo essa lógica, um filme com Diane Keaton, Robert De Niro, Susan Sarandon e Robin Williams deveria ser um arraso certo? Não nesse caso.

Ellie (Diane Keaton) e Don (Robert de Niro) foram casados por muito tempo e juntos tiveram dois filhos, Lyla (Katherine Heigl) e Jared (Topher Grace) e adotaram Alejandro (Ben Barnes), que veio da Colômbia. Após o divórcio, Ellie sai de casa indo viajar pelo mundo e Don fica com Bebe (Susan Sarandon). Agora a família irá se reunir para o casamento de Alejandro e Missy (Amanda Syfried). Os dois querem que a cerimônia seja dentro das regras da igreja católica (mesmo que ambos não pratiquem a religião) e precisam seguir as orientações do Padre Moinighan (Robin Williams).
The-Big-Wedding-15Acontece que, para a surpresa de todos, a mãe biológica de Ale, juntamente com sua irmã, vem direto da Colômbia para o casório e a única coisa que Ale lembra é que sua mãe é católica fervorosa e abomina o divórcio. E nunca lhe ocorreu contar que seus pais adotivos tinham se separado. Temendo que ela acabe por ser contra seu casamento, ele convence a todos a fingir ser uma família normal, logo, Ellie e Don vão precisar viver novamente debaixo do mesmo teto, o que significa que Bebe estará fora de tudo, o que a deixa extremamente irritada. Para completar, os pais de Missy são contra o casamento, pois além de não terem dinheiro para arcar com a festa, não gostam do fato de Alejandro ser latino. Somado a tudo isso, temos Jared, que é virgem com quase 30 anos, pois decidiu se guardar para a pessoa certa. E sua irmã, Lyla está com sérios problemas em seu casamento, além de não se dar muito bem com o pai. E tudo virá a tona bem no dia do casamento.
THE BIG WEDDING (2013) Ben Barnes and Amanda Seyfried

“O Casamento do Ano” é um daqueles filmes que no papel são ótimos, mas quando postos em prática, deixam a desejar. O elenco é cheio de astros, e dentro do roteiro de Justin Zackham (que é também o diretor) todos tem papéis principais. Portanto, todos precisam ter o mesmo espaço para desenvolvê-lo e contar sua história. O que acaba tornando o filme superficial, pois simplesmente não dá tempo em 1h30 de filme. Dessa forma, algumas histórias são mal exploradas ou acabam corridas demais. Mas, um bom ator/atriz mostra que não importa o tipo de papel e sim saber trabalhar com ele. E é isso que todos eles fazem, conseguindo mostrar que sabem tirar leite de pedra. Talvez a escolha desse elenco, assim como a da belíssima locação, tenha servido para distrair o público do fiasco que é o roteiro, que no quesito Comédia, abusa de piadas de mau gosto, todas fora de hora.

Uma pena que, na maioria das vezes em que um grande elenco se reúne, o filme acabe sendo uma lástima. Ao menos, se pretende fazer isso, que faça direito, ou então como o Stallone em sua franquia de “Os Mercenários”; se propondo apenas a diversão do espectador, sem se preocupar com um roteiro cabeça.

Como mencionado no começo, este filme só está indo para as telonas justamente por conta do grande elenco. Se não fosse assim, bem provável que seria lançado direto para bluray e dvd.

Estreia nos cinemas em 30 de Agosto.

#Novidades