Ambrosia Colunas Curtos: Meow (Dir. Marcos Magalhães)

Curtos: Meow (Dir. Marcos Magalhães)

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=q6p1XNokmVk[/youtube]

Sinopse

Um gato esfomeado fica sem leite, e é convencido a tomar um certo refrigerante. Será ele mais uma vítima da globalização? Terá ele salvação?

O que temos a dizer

O Festival de Cannes se encerra nesse final de semana e nada mais justo do que mostrar aqui um curta metragem brasileiro laureado na Croisette. Produzido 30 anos atrás pelo animador carioca Marcos Magalhães, o curta Meow venceu o grande prêmio do juri em 1981.

A simples animação carrega uma certa influência do polêmico Ralph Bakshi e alto teor político. Logo no início, de maneira um tanto velada, mostra o medo da população com a simples presença da polícia – ainda estávamos na ditadura militar. De maneira nada velada, um gato é usado como metáfora ao consumismo da população e uma crítica à globalização, que faz o povo brasileiro engolir o que não pediu, à força, e que acaba se acomodando com o que os americanos lhe enfiam pela goela.

É impossível comparar a animação de Meow com o apuro técnico e estilístico das produções do século XXI, mas não deixa de ser uma importante página na história da cinematografia brasileira.

[xrr rating=4/5]

Título: Meow
Duração: 08:11m
Realizador: Marcos Magalhães
Produtora: Embrafilme
Ano: 1981

Participe com sua opinião

Por favor preencha o comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

próxima publicação