Nos sites Dark Horizons e Superhero Hype temos entrevistas novinhas em folha com o ator, escritor e diretor John Favreu, nos assuntos discutidos temos um pouco da criação do filme como um todo, o desenvolvimento da personalidade de Tony Stark e o futuro da franquia, com alguns spoilers muito bem marcados.

Como as entrevistas são longas e falam de todos os assuntos relacionados ao filme e os quadrinhos, eu vou só comentar a respeito de alguns trechos que são mais spoilers mas ao mesmo tempo são legais demais para deixar de fora deste texto.

Photobucket

– Inicialmente, na entrevista a Superhero Hype, Favreu diz que ele usou muito das características originais de Stark dos quadrinhos no Stark do cinema, chegando ao ponto de comparar ele a Howard Hughes (milionário americano estravagante que teve a vida retratada no filme O Aviador), da mesma forma que Stan Lee já havia dito que teria feito na década de 60 quando criou o personagem.

– Ainda nessa entrevista, Favreu disse que houve muita improvisação nas gravações, especialmente em cenas com tom mais satírico ou que estavam apenas Gwyneth Paltrow e Robert Downey Jr. em que estes pegavam as falas originais e as refaziam de uma forma mais natural.

– A Dark Horizons pegou mais pelo lado dos porque de Favreu querer filmar Homem de Ferro e como tudo começou na hora de escolher que história contar. A escolha de Robert Downey Jr. caiu como uma luva para o ator que foi atrás da Marvel e com o apoio do diretor, pôde ser escolhido, mesmo contra algumas vozes vindas da produtora.

SPOILERS ABAIXO! Se não gosta de estraga prazeres, pare de ler, vá ao cinema e depois leia!!

– Favreu disse que escolheu interpretar Happy Hogan (guarda costas e amigo de Stark) por saber que como era um personagem menor, ele não teria problema de cortar cenas em que ele estivesse envolvido. Quando o assunto mudou sobre ele vir a poder ter um relacionamento nas telas com a personagem de Gwyneth Paltrow (Pepper Pots) nos próximos filmes, a ele foi dito que a atriz disse que gostaria de dar uns amassos com ele nas telas, gerando uma reação que basicamente se resume a: Eu DEFINITIVAMENTE vou fazer uma continuação!!

– Ainda nos spoilers, Favreu disse que definitivamente ele quer ver o Mandarim como vilão no próximo filme (há dicas neste filme de sua existência) e que a Máquina de Guerra tem que aparecer, afinal, Terence Howard não teve o tempo em tela que Favreu gostaria que tivesse.

– Por fim, os spoilers dos spoilers: Nick Fury, Hillary Swank em sua participação e algumas cenas foram cortadas da edição mostrada a imprensa a fim de diminuir um pouco toda a explosão de spoilers para os fãs, mas, ao que parece, a cena em que Samuel L. Jackson aparece interpretando Nick Fury (diretor da Shield) pode vir a aparecer nos cinemas sim, ao contrário do que foi noticiado pela imprensa após as primeiras sessões de teste. Favreu disse não querer mostrar tudo antes da hora, senão perderia a graça, mas realmente, muitas cenas foram cortadas e irão direto para o DVD.

Basicamente é isso. As entrevistas estão linkadas na íntegra no começo do post.

Homem de Ferro estréia amanhã e eu mal posso esperar.

J.R. Dib