em

Festival do Rio: Decepcionante, “Spring Break – Garotas Perigosas” promete mais do que consegue resultar

Foi cercado de muita expectativa o lançamento de “Spring Break – Garotas Perigosas”, principalmente na histeria teen Norte-americana e adjacências. Era o filme proibidão com as estrelas Selena Gomes, Vanessa Hudgens, Ashley Benson e Rachel Korine, dirigido pelo roteirista do marcante e amoral “Kids”, Harmony Korine, regado por sexo, drogas e… Britney Spears.
Claro que essa expectativa não se justificou. A história acompanha a aventura de quatro amigas enfadadas, ávidas por aventuras e que fazem de tudo (até assaltar) para poderem viajar para o tal
Spring Break, onde todos os excessos se encontram e isso não vai acabar nada bem. A necessidade de sair da cidade onde passaram maior parte de suas vidas, e conhecer todas as pessoas nas mesmas festas caseiras e parecer não ter para onde ir, chega ao seu extremo e as garotas decidem assaltar um fast-food local para financiar a viagem. Dinheiro na mão, malas também, as quatro vão para as férias de sua vida. Tudo parece estar perfeito até que as amigas são presas durante mais uma das ousadas festas de seus sonhos. Surge um rapper traficante (…),que as resgata, mas não de graça. Agora, imersas em um perigoso submundo criminoso e mais longe do que nunca de seus sonhos, as amigas começam a se separar e rever suas vidas até então.

SPRING-BREAKERS01

O filme pinta um retrato de uma geração hedonista e desprovida de um sentido que o valha. O discurso é legítimo, entretanto seu resultado é uma fetichização do que retrata. Tanto como estética, quanto como radiografia. Por vezes, é até contraditório quando tenta ser mais expositivo do que realmente o é. Por outro lado, tem (alguns) bons momentos, sempre protagonizado por um James Franco bem interessante e músicas de Britney usadas de forma cínica e (acreditem) marcantes, do ponto de vista cinematográfico. No fim das contas, percebemos que essa juventude, em seu esvaziamento geracional, é tão sedutora que até ludibriou o seu realizador…

[xrr rating=2.5/5]

Participe com sua opinião!