Sabe aquele tipo de filme que você assiste mesmo sabendo que no final não vai valer nada? Fúria Sobre Rodas (Drive Angry) é quase este tipo de filme. Digo quase porque seu total desprendimento com o “real” é justamente o que faz dele uma boa diversão.

De uns tempos para cá Nicolas Cage entrou para o hall de canastrões de Hollywood. Atores que são muito bons, mas que andam fazendo qualquer papel nos cinemas apenas para trabalhar, aumentar currículo, dinheiro e afins. Nessa sua última empreitada ele interpreta Milton, um detento que fugiu de uma cadeia bem peculiar e que tem três dias para salvar sua neta de um sacrifício. Em sua busca ele conta com a ajuda de Piper  (Amber Heard), uma garçonete bonitona que sabe descer o braço quando necessário.

O porém é que Milton não fugiu de qualquer cadeia, e sim de uma prisão no inferno. Quem vai ao seu encalço é o Contador (William Fichtner), para garantir que ele volte ao local que pertence. Nessa busca louca, Milton precisa rastrear Jonah King (Billy Burke) que é responsável por uma seita que anda se alastrando nos EUA, além de ser também o principal culpado pela morte de sua filha. O que não falta são tiros, mulheres bonitas, sangue e muita pancadaria.

Quando você entende que a premissa do filme é divertir, até esquece de analisar. O 3D é bem sutil e somente em algumas cenas podemos ver os cartuchos de bala voando em direção da tela ou pedaços de explosões. Por mais louco que seja o roteiro ele consegue ser coeso ao que promete; os papeis, na medida do possível, são bem desenvolvidos pelos atores. Fichtner está ótimo no papel de Contador, aquele encarregado de levar as almas pecadoras ou não para o local onde pertencem. Todas as cenas dele são muito boas.


Já Piper, vivida por Amber Heard, tem uma leve semelhança com a Mikaela de Megan Fox em Transformers. O figurino é parecido, as jogadas de cabelo, carão, paixão por carros e claro o jeito “mulher-gostosa-que-também-sabe-bater”. Ela até tentou, mas ficou estereotipada demais.

Se você gosta de um filme trash, com tiros, mulheres e trama absurda, Fúria Sobre Rodas é uma ótima pedida.

[xrr rating=2.5/5]