em , , ,

Morena Baccarin responde a perguntas sobre Gotham, Deadpool e trabalhos no Brasil

De passagem pela Rio 2C, atriz carioca radicada nos EUA se diz aberta a trabalhos no Brasil

Morena Baccarin é a atriz brasileira mais famosa do mundo atualmente. Embora tenha sido criada nos Estados Unidos, ela nasceu no Rio de Janeiro, onde viveu até os sete anos de idade. Atualmente interpreta a personagem Leslie Thompkins na série de TV “Gotham” e Vanessa, a namorada de Deadpool no cinema, além de ter participado de séries como “Homeland”, “O Mentalista” e “The Good Wife”. De passagem pelo Brasil durante a Rio 2C, ela conversou em coletiva de imprensa sobre a sua nova experiência de trabalhar no Brasil na nova temporada da série “Sessão de Terapia”, do Globoplay e, claro, sobre seus trabalhos famosos.
A Revista Ambrosia perguntou à atriz se ela foi atrás dos quadrinhos de Batman para interpretar a Leslie. Ela respondeu que não houve essa exigência por parte do criador Bruno Heller. “Sabia que iam remontar uma personagem antiga, e que eles iriam fazê-la mais nova para ser mais o interesse amoroso do Gordon (Ben McKenzie, com quem está casada desde 2017). Ela é mais velha nos quadrinhos, não é?”

Morena Baccarin responde a perguntas sobre Gotham, Deadpool e trabalhos no Brasil | Entrevistas | Revista Ambrosia
No papel de Leslie Thompkins em Gotham

Perguntada pelo site CinePop sobre como é trabalhar no Brasil, depois das experiências em séries e filmes americanos, Morena disse que foi uma surpresa muito boa porque não há grande diferença. “Set é set em qualquer lugar, e eu estou adorando fazer o trabalho”. Ela continuou dizendo que para atuar em português teve de “desenrolar” a língua, por estar mais acostumada com o inglês. Ela chegara de Nova York no dia anterior e confessou que demora uns dias para dominar o português de novo. “O Selton (Mello, diretor de “Sessão de Terapia”) e a Jaqueline (Vargas, roteirista), que escreveu o roteiro, trabalharam muito em montar as frases de um jeito que seria mais natural para mim.”
Morena Baccarin responde a perguntas sobre Gotham, Deadpool e trabalhos no Brasil | Entrevistas | Revista Ambrosia
Morena também falou sobre sua relação com o público nerd, perguntada pelo site Pipocas Club, pois, além de Deadpool e Gotham, ela teve mais uma incursão no universo do Homem-Morcego, dublando Talia al Ghul em uma animação. O site lembrou o fato de Brie Larson, não ter sido lá muito bem recebida por parte do público. “Não foi bem recebida?” perguntou espantada. “Por uma parte do público não”, respondeu o jornalista. A atriz respondeu que não tem do que reclamar, pois os fãs adoram tanto a série “Gotham” quanto “Deadpool”. Explicou que em “Gotham” procuraram honrar os personagens que as pessoas tanto amam, mas ao mesmo tempo modernizar um pouco.
“É um prequel. É a história do Batman antes de ser o Batman. Então a gente teve um pouco mais liberdade com os personagens, ficou um pouco mais fácil.” Deadpool ela cita que era um personagem pouco conhecido, ela, inclusive não conhecia, e a comédia do filme ajuda a não levar muito a sério.
Morena Baccarin responde a perguntas sobre Gotham, Deadpool e trabalhos no Brasil | Entrevistas | Revista Ambrosia
No papel de Vanessa com Ryan Reynolds em Deadpool 2 (2018)

As suas referências brasileiras são poucas. “claro que eu vejo os filmes, no exterior são poucos”. Disse que está gostando do que vê na Netflix. Mas sua maior referência é sua infância no Brasil e foi bom voltar às suas raízes.
Na coletiva foi levantado o fato de a atriz estar tanto no universo DC quanto no da Marvel e como foi a recepção. “Na verdade acho que foi sorte (risos)”. Era seu primeiro ano em Gotham, e seria apenas uma participação especial na série, quando fez o teste para “Deadpool”. Ela brincou dizendo que por serem ambas produções da Fox, deu tudo certo.
Sobre atuar e ler roteiros em português Morena contou que entende praticamente tudo, embora uma ou outra palavra exijam alguma pesquisa. “Eu saí daqui com sete anos de idade e já estudava em escola americana. Meu português é de criança. Eu estou aprendendo ainda. Claro que tem palavras, mais gírias, que, como eu não moro aqui, tenho que perguntar para alguém, olhar na internet. Mas, cada vez eu estou, com a prática, melhorando e me reconectando com essa parte de quem eu sou.”
Morena Baccarin responde a perguntas sobre Gotham, Deadpool e trabalhos no Brasil | Entrevistas | Revista Ambrosia
Sobre trabalhar no Brasil futuramente, a atriz disse que pretende realizar mais projetos aqui e está aberta a fazer vários temas diferentes. “Poderia fazer uma comédia, ou um drama de época, de História brasileira, seria legal”.
A respeito da influência de “Deadpool” na carreira e como será o terceiro filme agora com a fusão da Fox com a Disney. “Eu nem sabia (da compra). Saiu alguma coisa na internet que o Ryan (Reynolds) postou de ‘Deadpool 3’. Acho que eles estão escrevendo o roteiro agora. Então vai acontecer. Não sei como a Disney afeta a Fox. Esse filme é bem diferente, é difícil ver a Disney lançando esse filme”.
Já sobre a personagem Vanessa, ela explicitou não ser uma vítima, e que é difícil encontrar uma personagem feminina que é vulnerável, porém forte e engraçada. “Ela não tem medo de ser que ela é e dá muito certo com o Deadpool”, comentou. “É muito raro como mulher você pegar um papel que não é só a menina pedindo ajuda para o cara vir salvar”, completou.

Deixe sua opinião

Avatar

Publicação Cesar Monteiro