em ,

Quarteto Fantástico deverá também migrar para a Marvel Studios

Creio que todos os fãs da Marvel têm dois sonhos: um está perto de se realizar parcialmente, que é ver o Homem-Aranha com um filme produzido pela casa das ideias (o próximo filme do herói será produzido pela Sony, mas a Marvel terá participação no processo criativo) e o outro é ver o Quarteto fantástico também produzido pelo estúdio. Neste segundo caso, o cerne do texto apresentado, quais seriam as chances reais de isso ocorrer? Bem, segundo o site Den of Geek, a FOX teria fechado um acordo com a Disney e um novo filme da equipe seria produzido pelo Marvel Studios em 2020.

O site não garantia 100% a veracidade da informação, mas afirmava ter fontes confirmando o acordo prevendo a cessão dos direitos dos X-Men pela Marvel para novas séries de TV recentemente anunciadas. Fora que as datas reveladas pela Marvel para os seus filmes ainda sem título em 2020 incluiriam um novo filme do Quarteto.

fox quarteto fantastico 1994 cinema

Muitos fãs vibraram com a notícia. Porém, a alegria durou pouco. No dia seguinte veio uma nota oficial dizendo que a Fox confirmou que os direitos do Quarteto Fantástico permanecem com eles, dando um banho de água fria em todos (nós) que gostariam(os) de ver um filme decente do Quarteto nas telonas. Em um tweet, Steven Weintraub, do site Collider, disse que tem 100% de certeza que a história não é verdadeira:”Chequei com algumas fontes fortes e tenho 100% de certeza que a Marvel não recuperou os direitos do Quarteto Fantástico. O rumor não é verdadeiro”, disse.

Mas onde há fumaça há fogo. Provavelmente vocês se lembram dos boatos imediatamente desmentidos sobre uma possível intervenção da Marvel nos filmes do Homem-Aranha. A história se confirmou poucos meses após o boato ser espalhado.

quarteto-fantastico-fox-cinema

Para melhor contextualizar, voltemos duas décadas. Em um momento de crise financeira nos anos 90, a Marvel vendeu seus maiores nomes para os grandes estúdios de Hollywood fazerem adaptações cinematográficas e assim render um troco para salvar a lavoura. Desse modo foram Blade para a Warner, Homem Aranha para a Sony, X-Men, Demolidor e Quarteto Fantástico para a FOX. Quando a Marvel se reergueu a ponto de criar seu próprio estúdio, só podia usar os personagens que não haviam sido vendidos, como os Vingadores. Ocorre que a Marvel Studios não só se transformou em uma garantia de bons filmes de heróis, como também se converteu em uma das maiores máquinas de fazer dinheiro em Hollywood.

O acordo com a Sony anunciado em fevereiro trazendo o Aranha para perto da Marvel foi uma tentativa desesperada de reaver o prestígio do herói, manchado por dois filmes irregulares. Mas pelo menos havia os dirigidos por Sam Raimi, sucessos tanto de público quanto de crítica (com exceção do terceiro, sucesso apenas de bilheteria, mas considerado o elo fraco da trilogia). Os dirigidos por Marc Webb fizeram bilheterias polpudas, mas não conquistaram o público como os de Raimi.

f42No caso de O Quarteto Fantástico, foram três filmes: o primeiro até teve uma bilheteria satisfatória, mas ganhou críticas pouco animadas e dividiu opiniões; o segundo foi mal tanto de crítica quanto de público, e o reboot lançado neste semestre, dava a entender que seria a volta por cima, mas foi um dos maiores fracassos do ano, além de amargar críticas bastante negativas. Assim sendo, a melhor coisa a se fazer seria transferir os personagens para quem realmente entende deles. E esse rumor, a princípio desmentido, pode indicar uma nova fase do quarteto no cinema.

quarteto fantastico cinema 2015 fox

Como a previsão de Steven Spielberg em relação ao declínio do cinema de super-herói ainda não se concretizou, os quatro heróis com poderes que são, na verdade, efeitos colaterais, ainda terão uma nova chance nas telonas. Isso pode se dar com a transferência integral dos direitos para a Marvel, o que é pouco provável, ou em um arranjo semelhante ao da Sony com Homem-Aranha, a FOX continua produzindo filmes dos heróis, mas com a Marvel atuando na parte criativa. Aí as chances são bem maiores.

A tendência é que a Marvel passe a ter alguma influência sobre títulos que na mão de outro estúdio não foram assim tão bem sucedidos. De qualquer forma o que queremos mesmo é ver um filme decente e sobretudo empolgante dos heróis, e depois de sucessivos equívocos, o momento parece estar cada vez mais próximo.

Participe com sua opinião!