space jam 2 trailer 750x375 1

“Space Jam: Um Novo Legado” ganha segundo trailer mostrando o jogo decisivo

“Space Jam: Um Novo Legado” acaba de ter seu segundo trailer divulgado pela Warner.

Dessa vez, a prévia deixa um pouco de lado as referências e se concentra mais na partida decisiva de basquete em que os Looney Tunes e o astro da NBA LeBron James enfrentam um time de alienígena.

“Space Jam: Um Novo Legado” é a continuação de “Space Jam: O Jogo do Século”, de 1996. Para derrotar os alienígenas que roubaram o talento de astros da NBA, Pernalonga pedia a ajuda do maior jogador de basquete de todos os tempos, Michael Jordan.

Dessa vez, LeBron e seu filho, Dom (Cedric Joe, de “Modern Family”), são presos em um mundo virtual por uma inteligência artificial (Don Cheadle, de “Vingadores”), em que precisam vencer um jogo de basquete ao lado da turma do Pernalonga para conseguir sua liberdade.

O filme contará ainda com outros astros da NBA como Anthony Davis, Damian Lillard, Klay Thompson e também com estrelas da WNBA, como Diana Taurasi, Nneka Ogwimike e Chiney Ogwumike. E não só os Looney Tunes estarão na trama. Outros ícones da Warner farão uma participação, nesse que, assim como “SCOOBY! O Filme”, integrará o “Warnerverso”.

“Space Jam: Um Novo Legado” tem direção de Malcolm D Lee e roteiro de Ryan Coogler (Pantera Negra) e Sev Ohanian. O lançamento está marcado para 16 de julho nos EUA simultaneamente nos cinemas e na HBO Max. No Brasil a previsão é de chegar aos cinemas um dia antes, em 15 de julho.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ant.
Neil Gaiman revela bastidores da série Sandman na Netflix
the sandman series netflix revista ambrosia novidades

Neil Gaiman revela bastidores da série Sandman na Netflix

“Ninguém melhor que o próprio Neil Gaiman para te inserir no Reino dos

Próxima
“Verão de 85”: um François Ozon aquém, mas sensível
verao de 85 resenha filmes revista ambrosia

“Verão de 85”: um François Ozon aquém, mas sensível

Se existe um ponto nevrálgico na prolifera obra do diretor francês François Ozon

Você pode gostar