em

FLIP 2014 leva público a aplaudir de pé

O tão esperado dia chegou. A Festa literária Internacional de Paray (FLIP), começou e levou o público a aplaudir de pé. Apesar de ter sido em uma quarta-feira (28/07), a cidade já estava lotada com pessoas de todos os cantos do mundo, desde brasileiros, franceses, alemães até a ciganos, baianos, gaúchos e índios.
Durante a tarde a programação começou na tenda da Flipinha, com trabalhos e apresentações desenvolvidos durante o ano por crianças de uma escola Municipal da cidade, sobre o autor homenageado desta edição da FLIP, nosso fabuloso Millôr Fernandes.
Ao anoitecer, o evento foi tomando forma e a oficial noite de abertura se aproximava. Com uma conferencia chamada “Millormaníacos”, os humoristas convidados do programa “Casseta e Planeta”, Hubert e Reinaldo entrevistaram o cartunista Jaguar, grande amigo de Millôr por décadas e que trabalharam juntos no jornal “Pasquim”, dando uma emoção a graciosa homenagem ao dramaturgo carioca Millôr Fernandes, falecido desde Março de 2012.
Finalizando a abertura do evento, com chave de ouro, para dar início ao ciclo de conversas e debates inspirado em nosso autor homenageado, por volta das 22h, a cantora Gal Costa entrou no palco com sua banda, levando o público, podemos dizer, ao delírio e fazendo-os  esquecer da noite fria de inverno em Paraty, com direito a muitos gritos, assobios e aplausos.
Gal Costa, que veio a cidade de Paraty pela primeira vez, cantou clássicos como Gabriela e não se importou em ter vindo a cidade justamente no inverno. A cantora, disse estar se sentindo privilegiada em ter sido convidada para abrir um evento tão importante, e que o frio fazia parte. Não se intimidou, alegrou o público, e incluiu em seu repertorio até mesmo uma mistura de samba-funk.

Deixe sua opinião

Drift Stage em fase de transição

Seriado "The Big Bang Theory" continua sem elenco