em

Flip e sua programação para 2012

A Flip – Festa Literária Internacional de Paraty chega a sua 10ª edição comemorando muito, afinal é uma grande alegria para todos termos um evento como este no país.

O homenageado deste ano será poeta/contista/cronista Carlos Drummond de Andrade, cultuado nome do modernismo brasileiro que continuou ampliando sua obra até deixar para trás qualquer rótulo ou designicação temporal. Algo que a própria Flip sempre buscou, visto que o evento mistura da poesia aos quadrinhos no mesmo espaço.

Além de uma exposição e mesas dedicadas ao homenageado, entre os destaques da Flip deste ano estão a volta dos escritores Ian McEwan, Enrique Vila-Matas, Hanif Kureishi e a estréia de Jonathan Franzen, Jennifer Egan, Teju Cole, Amin Maalouf, Zoe Valdés, Dulce Maria Cardoso e Le Clézio, este último integrando a célebre lista de vencedores do Nobel a participar da Flip. Já entre os nomes nacionais, ressalta-se a presença de Rubens Figueiredo, Francisco Dantas, João Anzanello Carrascoza e Luis Fernando Verissimo, que vai abrir o evento falando das mudanças na literatura nestes últimos dez anos.

A Flip 2012 acontece dos dias 4 a 8 de julho em Paraty (RJ), e os concorridos ingressos para as mesas e palestras começarão a ser vendidos a partir do dia 4 de junho pela internet, pelo telefone e pontos de vendas oficiais. Para mais informações visite o site da Flip.

Programação:

Dia 4 de julho
19 h – Pré-abertura: Flip, 10 Anos, com Luis Fernando Verissimo. Conferência de abertura Drummond 110, com Antonio Cicero e Silviano Santiago
21 h – Show com Ciranda da Tarituba e Lenine

Dia 5 de julho
10 h – Escritas da Finitude, com Altair Martins, André de Leones e Carlos de Brito e Mello; mediação João Cezar de Casto Rocha
11h45 – Leitura no Espaço Público, com Silvia Castrillon e Alexandre Pimentel; mediação Écio Salles
15 h – Apenas literatura, com Enrique Vila-Matas e Alejandro Zambra; mediação Paulo Roberto Pires
17h15 – Ficção e História, com Javier Cercas e Juan Gabriel Vásquez; mediação Ángel Gurría-Quintana
19h30 – Autoritarismo, Passado e Presente, com Luiz Eduardo Soares e Fernando Gabeira; mediação Zuenir Ventura

Dia 6 de julho
10 h – Drummond – O Poeta Moderno, com Antonio C. Secchin e Alcides Villaça; mediação Flávio Moura
12 h – O Mundo de Shakespeare, com Stephen Greenblatt e James Shapiro; mediação de Cassiano Elek Machado
15 h – Exílio e Flânerie, com Teju Cole e Paloma Vidal; mediação João Paulo Cuenca
17h15 – Literatura e Liberdade, com Adonis e Amin Maalouf; mediação Alexandra Lucas Coelho 19h30 – Encontro com Jonathan Franzen; mediação de Ángel Gurría-Quintana

Dia 7 de julho
10 h – Cidade e Democracia, com Richard Sennett e Roberto DaMatta; mediação Guilherme Wisnik
12 h – Pelos Olhos do Outro, com Ian McEwan e Jennifer Egan; mediação Arthur Dapieve
15 h – Em Família, com Zuenir Ventura, Dulce Maria Cardoso e João Anzanello Carrascoza; mediação João Cezar de Castro Rocha
17 h – O Avesso da Pátria, com Zoé Valdés e Dany Laferrière; mediação Alexandra Lucas Coelho
19h30 – Encontro com Le Clézio; mediação Humberto Werneck

Dia 8 de julho
10 h – Vidas em Verso, com Jackie Kay e Fabrício Carpinejar; mediação João Paulo Cuenca
11h45 – A Imaginação Engajada, com Rubens Figueiredo e Francisco Dantas; mediação João Cezar de Castro Rocha
14h30 – Drummond – O Poeta Presente; com Armando Freitas Filho (em vídeo), Eucanaã Ferraz e Carlito Azevedo; mediação Flávio Moura
16h30 – Entre Fronteiras, com Gary Shteyngart e Hanif Kureishi; mediação Ángel Gurría-Quintana
18h30 – Livro de Cabeceira, com todos os autores 

Deixe sua opinião

Publicado por Salvador Camino

White Stripes briga pelo menor show de todos os tempos

Jack White faz rock do bom em “Blunderbuss”