em

Leitura: Pegasus e o Fogo do Olimpo

Como era de se esperar (e previ isso em um outro post) a mitologia está conquistando cada vez mais as prateleiras das livrarias. Agora é a vez da Editora LeYa Brasil investir nesse assunto com a série de livros Olimpo em Guerra da autora Kate O’Hearn. O 1º livro, intitulado Pegasus e o Fogo do Olimpo, já chegou por aqui.

O livro narra a história do mitológico cavalo alado, Pegasus que caiu em NY após ser atingido por um raio de Júpiter, que ficou no Olimpo para conter as Nirads, monstros de quatro braços furiosos que chegaram buscando destruição e apagar o fogo sagrado do Olimpo. Em sua queda ele vai parar no terraço de Emily, que prontamente se encanta pelo animal e tenta ajudá-lo a se recuperar de vários ferimentos. Mas, ela logo vê que sozinha não vai conseguir e decidi pedir ajuda a Joel, um garoto deslocado de sua turma que vive arrumando confusão, mais que parece entender muito de mitologia.
A rusga entre os dois não dura muito e logo um laço de amizade surge. Emily e Pegasus tem uma forte conexão e ela descobre que foi por culpa de Paelen que Pegasus foi atingido pelo raio. E se não bastasse isso, ele roubou as rédeas douradas do garanhão e agora ninguém sabe onde ele se encontra. Paelen não teve tanta sorte quanto Pegasus, pois foi parar na mão da UCP, uma organização secreta especializada em investigar casos sobrenaturais. Enquanto Paelen tenta escapar das mãos tirânicas do Agente J, Emily, Joel e Pegasus precisam fugir das Nirads que não se sabe como, chegaram a cidade e estão a procura de Pegasus.
Eles fogem voando do terraço infestado de Nirads mas Emily é ferida por uma delas e são obrigados a se esconder. Eles então decidem ir para o Central Park, pois é um dos poucos lugares que as luzes dos helicópteros de busca não consegue vê-los. Lá eles tem uma grata surpresa pois Diana, a Deusa da Caça veio ao encontro deles, mas não traz boas notícias. As Nirads tomaram o Olimpo, muitos Olímpianos cairam e o fogo está quase extinto. Resta a eles buscar novos meios de derrotar as Nirads e encontrar a criança que poderá salvar o Olimpo.

Não sou a favor de comparações, acho que cada obra é diferente da outra. Mas quando se trata do mesmo assunto é difícil não fazer tal coisa entre Olimpo em Guerra de O’Hearn e Percy Jackson de Riordan. Pegasus e o Fogo do Olimpo é quase um Percy Jackson para meninas. A narrativa é mais sutil, emotiva e a personagem principal é uma garota, adolescente como Percy. Ambos são orfãos, estão passando por dificuldades em dado momento e são pegos de surpresa por consequências inesperadas em suas vidas. O’Hearn aborda o Olimpo pelo lado Romano, Zeus vira Júpiter, Hermes vira Mercúrio e assim por diante.
No mais, a história é um tanto vaga e óbvia para o início de uma possível grande aventura. Espero que nos demais livros e os personagens enriqueçam assim como a história que não parece possuir continuidade suficiente para uma série de livros de seis volumes.

Agradecimento especial a Editora LeYa Brasil que enviou o livro junto de uma caixa bem legal.

[xrr rating=3/5]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

One Comment

Ativista

Publicado por Melissa Andrade

ColecionadorNarutoRepórterFanáticos por SériesSuper-fãsFotógrafo

Thor & Loki: Blood Brothers

Especial Camelot: Mulheres Arthurianas – desenhistas de destinos heróicos