em ,

Entrevista com a cantora Letty

A cantora Letty é um dos novos nomes dentro do chamado Rap Geek, gênero que mistura a rima das ruas com a cultura geek, sobretudo otaku.

Trabalhando em dois novos clipes para o lançamento do EP com Yuri Bl4ck, ambos produzidos numa parceria entre as produtoras Wallaroo Corp. e Kinonik, a jovem cantora contou mais sobre seu trabalho e os planos a carreira.

1. Como se deu a sua ligação com o Rap Geek? 

Meu interesse pela música começou quando eu era ainda muito nova, pois cresci nesse meio dentro da minha família. Aos 9 anos de idade eu já tocava violão e fui, aos poucos, me descobrindo no canto também. Eu conheci o rap geek em 2014, através dos vídeos do Tauz. Eu já assistia animes antes mesmo dessa época, eu sempre amei a cultura e quase todos os anos eu participava de eventos nerd, mas esse conteúdo de música geek fui conhecer alguns anos depois. Me encantei pelo gênero e, por já ter um vontade imensa de começar uma carreira na música e conhecer o universo geek, abracei com tudo a ideia de começar uma canal. Criei meu canal em 2015 e, desde então, venho me aperfeiçoando e me apaixonando por essa cultura cada vez mais.

2. Por que você mudou de nome? 

O nome Nákamas gerava algumas confusões na hora da pronúncia e, por isso, muitas pessoas confundiam e não sabiam pronunciar corretamente. Por muito tempo fui a Nákamas, mas já estava pensando na possibilidade de mudá-lo. Como, ultimamente, venho investindo mais tempo na minha carreira e me envolvendo em novos projetos, achei que era hora de ampliar as possibilidades. Sendo assim, junto com a minha agência, a Woomaxx, comecei uma vasta pesquisa para encontrarmos um nome mais comercial para essa nova fase que se inicia – na qual já estou trabalhando músicas autorais que abrangem outros estilos. Quero levar esse meu novo nome artístico muito longe e fazer meu máximo para representá-lo da melhor forma possível.

3. Geek é geralmente conhecido como tímido, mas é perceptível bastante malícia em umas músicas suas. Explica isso (risos). 

Existem vários gêneros de animes e, assim como em séries e filmes, você tem um leque de opções para explorar, como animes de ação/aventura, comédia, terror, romance, etc.

No meio do rap geek é a mesma coisa! Existem diferentes jeitos de se compor uma música e seus temas são variados. É possível encontrar “rap tributos”, no qual contamos a história do personagem, “rap trap anime”, “rap pop anime” e também “raps + 18”. Tem para todos os públicos (risos).

4. Como vai ser o conceito desse próximo trabalho? 

Estou desenvolvendo, junto com o Yuri Bl4ck, um EP muito bacana que traz 4 músicas autorais. A primeira etapa foi a gravação das músicas e dois clipes em Florianópolis e, em seguida, começamos a desenvolver os outros dois clipes no Rio de Janeiro. Como estamos tomando todos os cuidados e cumprindo todos os protocolos de segurança devido a pandemia, ainda não finalizamos as gravações. Essas 4 músicas tem um diferencial em cada uma delas, então creio que muitas pessoas irão se identificar com nossas composições. 2021 será o lançamento desse EP e eu estou super ansiosa️.

5. Você faz muita referência a anime. Quais são os seus animes preferidos?

É uma escolha difícil, mas vou tentar enumerar uma ordem dos cinco favoritos (risos).

1º lugar – Attack on Titan

2º lugar – Death Note

3º lugar – Nanatsu No Taizai

4º lugar – Dragon ball

5º lugar – Zatch Bell

6. Se você pudesse ser um personagem de anime qual seria? 

Acho que eu iria querer ter a bondade, confiança e carisma do personagem All Might do anime “Boku no Hero”. Ele é um herói que sempre salva as pessoas com um sorriso no rosto.

7. Pra quem quer entrar no mundo do Rap Geek como você aconselharia? 

Em um primeiro momento, indicaria estudar muito os personagens, os estilos de Rap Geek e música no geral. Estudar música é extremamente importante e eu estou me dedicando muito a isso. Em seguida, é necessário ter foco/dedicação e também procurar evoluir sempre no canto e nas composições! Ahh… Seja diferente, o diferencial ganha público.

8. Quais projetos você está envolvida nesse momento e o que vem vindo por aí?

Estou trabalhando muito em algumas mudanças e vídeos novos para o meu canal NKM. Entre esses, um videoclipe de uma música autoral com a participação da Ayu Brasil. A canção aborda sobre diferentes sentimentos e posso dizer que muitos se identificarão com essa letra. Ela se chama “Luz Na Escuridão” e o clipe está em pós produção para sair em breve.

Além desse clipe também estamos trabalhando no clipe da música “Ninja No Jeito de Amar”, uma outra parceria que tive a oportunidade de fazer com o Yuri Bl4ck. A música foi lançada um tempo atrás no Spotify e no canal do Yuri, mas agora vai ganhar um clipe lindíssimo.